Mudou Deus seu modo de pensar quanto ao uso de adornos?

Se você é mulher e não usa joias por temer que isso desagrade a Deus, então, não se atormente. Saiba que Deus não muda Seus padrões de moral. Suas normas são as mesmas hoje como eram no princípio. O próprio Deus garantiu isso em...

... Malaquias 3:6 

“Eu, o Senhor, não mudo.”

 

Por inspiração divina, um dos apóstolos registrou em...

... Tiago 1:17 

“Toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança, nem sombra de variação.” 

 

O mesmo é dito sobre Jesus em...

... Hebreus 13:8 

“Jesus Cristo é o mesmo ontem e hoje, e eternamente.” 

Análise:

Como o leitor já pesquisou nos outros artigos, no passado, Deus aprovou o uso de enfeites e até mesmo enfeitou a outros. Visto que Deus e Jesus não mudam seus princípios, isso quer dizer que hoje você também poderá fazer bom uso de adornos, se desejar.

Qualquer dúvida que ainda tenha quanto a Deus aprovar ou não o bom uso de ornamentos terminará se analisar com atenção a seguinte e maravilhosa passem bíblica:

 

APOCALIPSE 21:2

"E eu, João, vi a Santa Cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada ( "adornada", na Almeida Revista e Atualizada) para o seu marido."

 

Análise:

É dito que a "Santa Cidade, a nova Jerusalém", está "adereçada" e "ataviada"! Ora, sendo assim, como pode o uso de adornos ser algo impróprio, amigo leitor?! Não, não pode ser impróprio! E não é!

Note que a nova Jerusalém está "adereçada" ou "adornada" como uma noiva.

É interessante que tanto a Bíblia de Estudo Pentecostal como a Bíblia de Estudo Almeida, em suas referências, apontam para Isaías 61:10, onde lemos:

“Regozijar-me-ei muito no SENHOR, a minha alma se alegra no meu Deus, porque me vestiu de vestes de salvação, me cobriu com o manto de justiça, como um noivo que se adorna com atavios ("turbante", na Bíblia de Estudo Almeida e na Bíblia Thompson) e como noiva que se enfeita com as suas jóias."

Note que o adorno de "turbante" e o "enfeite" de "jóias" são comparados à maravilhosa vestimenta espiritual que Deus dá aos que lhe são leais. Com esta comparação, estaria o escritor afirmando que a vestimenta que recebeu de Deus é algo nojento e impróprio, assim como supostamente são o uso de atavios? Claro que não! Devemos entender que a vestimenta recebida de Deus é correta, assim como são o uso adequado de joias.

Que a noiva se adorna também pode ser visto através de Jeremias 2:32. Note:

Almeida Corrigida e Revisada Fiel ® "Porventura esquece-se a virgem dos seus enfeites, ou a noiva dos seus adornos? Todavia o meu povo se esqueceu de mim por inumeráveis dias."
Nova Versão Internacional ® "Será que uma jovem se esquece das suas jóias, ou uma noiva, de seus enfeites nupciais? Contudo, o meu povo esqueceu-se de mim, por dias sem fim."

 

MAS, E O CASO DA PROSTITUTA DE APOCALIPSE 17:4?

- Não prova que adornos são errados?

"E a mulher [a prostituta Babilônia] estava vestida de púrpura e de escarlata, adornada com ouro, e pedras preciosas, e pérolas..."

Diante das palavras bíblicas acima, alguém já me escreveu dizendo: "Viu? São pros-ti-tu-tas aquelas que se adornam com ouro, pedras preciosas e pérolas. Jamais uma verdadeira serva de Deus se trajaria assim!"

Ora, só porque certas coisas estão associadas à prostituta não quer dizer necessariamente que sejam erradas. Apocalipse 18:12-13 também relaciona a ela uma série de itens tais como "linho fino", "seda", "marfim", "bronze", "ferro", "mármore", "mirra", "incenso", "azeite", "trigo", "ovelhas", "cavalos", "carros", etc. Será que tudo isso, então, são coisas que Deus condena? Claro que não, não é mesmo?

Caro leitor, veja que o texto não está realmente afirmando que o uso de "adornos de ouro", "pedras preciosas" e "pérolas" são errados, está? Não. Em Apocalipse 21, notamos que a Nova Jerusalém também é adornada com enfeites assim: 

  • versículo 18: a cidade é comparada a ouro

  • versículo 19: os fundamentos do muro são comparados a toda pedra preciosa; e, 

  • versículo 21: suas portas eram de pérolas.

Logo, o uso de tais enfeites não é o problema. O problema é a razão em usá-los. A prostituta de apocalipse faz mau uso deles. Usa-os, sem modéstia, apenas para conseguir seus amantes de prostituição.

Da mesma forma, também não são errados o uso de "púrpura" e de "escarlata". O que importa é se se fará bom ou mau uso da vestimenta. Como podemos ter certeza absoluta que usar tais itens não são errados? Note o que se diz sobre a mulher "virtuosa" de Provérbios 31:10, 21 e 22:

PROVÉRBIOS 31:10, 21, 22

" 20 Mulher virtuosa, quem a pode achar? Pois seu valor muito excede ao de jóias preciosas...   21 Não tem medo da neve pela sua família; pois todos os da sua casa estão vestidos de escarlate.   22 Faz para si cobertas;  de linho fino e de púrpura é o seu vestido."

Portanto, "escarlate" e "púrpura" não são de propriedade exclusiva de prostitutas. Mulheres "virtuosas" podem usar tranquilamente tais coisas.

Usar a prostituta de Apocalipse púrpura e escarlate dava a ela um ar de beleza. Contudo, para Deus, a beleza principal é a interior. As servas de Deus, quando usarem de ornamentos, devem fazê-lo com moderação.

1

 

 

Uma das denominações mais tradicionais é a Assembleia de Deus. Note o que ela disse em uma de suas publicações:

“A esposa do obreiro cristão deve...  ter cuidado para não abusar no uso de jóias e enfeites.”  Fonte: Teologia do Obreiro – O Ministério, Suas Qualificações e Exercício, página 134 - Publicado pela Educação Teológica da Assembleia de Deus.

Repare que não se diz que a esposa do obreiro não deva usar "jóias e enfeites". A advertência é para "não abusar no uso" de tais.

 

Há membros da Assembleia que discordam dessa declaração "teológica" oficial, crendo que é bíblico não usar enfeites. Se é assim, por que permanecem nesta denominação? Será que também discordam das palavras de Apocalipse 18:4 e 5, a saber:

"... Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados e para que não incorras nas suas pragas."?

 

PÁGINA INICIAL