A exemplar jovem sulamita usava adornos e perfumes

 

O livro bíblico de Cântico de Salomão (ou Cantares de Salomão, ou Cântico dos Cânticos), nos ensina que o verdadeiro amor não pode ser comprado. A sulamita, embora usasse enfeites e perfume, é tida como um exemplo de fidelidade, lealdade e integridade aos princípios piedosos. Que as atuais servas de Deus imitem seu proceder!

*    “É um poema religioso que simboliza o amor mútuo entre Cristo e a igreja.” — Bíblia de Referência Thompson, João Ferreira de Almeida, Edição Contemporânea, página 1382.  

*    “Pode-se considerar Cantares de Salomão uma ilustração da qualidade de amor existente entre Cristo e a sua noiva, a igreja. É um amor indiviso, devotado e estritamente pessoal, ao qual nenhum estranho tem acesso.” — Bíblia de Estudo Pentecostal, página 983.

 

Sulamita e os adornos

CANTARES 4:9

“Tiraste-me o coração, minha irmã, minha esposa; tiraste-me o coração com um dos teus olhos, com um colar do teu pescoço.”

Análise:

Queira reparar que a jovem sulamita já usava “colar” na época em que "tirou o coração” (isto é, conquistou o coração) de Salomão.

 

CANTARES 1:10

“Agradáveis são as tuas faces entre os teus enfeites, o teu pescoço com os colares."   

Análise:

Além de "colares", a jovem também usava vários outros "enfeites". Desejando agradar a moça, Salomão, homem com sabedoria dada por Deus, lhe prometeu: "Enfeites de ouro te faremos, com pregos de prata." Cantares 1:11.

 

Sulamita e os perfumes

CANTARES 3:6

"Quem é esta que sobe do deserto, como colunas de fumaça, perfumada de mirra, de incenso e de toda a sorte de pós aromáticos?"

Análise:

Note! A sulamita usava perfumes!

 

CANTARES 4:10, 11

" 10 Que belos são os teus amores, irmã minha! Ó esposa minha! Quanto melhores são os teus amores do que o vinho! E o aroma dos teus bálsamos do que o de todas as especiarias!   11 Favos de mel manam dos teus lábios, minha esposa! Mel e leite estão debaixo da tua língua, e o cheiro das tuas vestes é como o cheiro do Líbano."

 

CANTARES 5:5

"Eu me levantei para abrir ao meu amado, e as minhas mãos destilavam mirra, e os meus dedos gotejavam mirra sobre as aldravas da fechadura."

Observe as expressões referentes à sulamita: “aroma dos teus bálsamos”, “cheiro das tuas vestes”, “minhas mãos destilavam mirra, e os meus dedos gotejavam mirra”. Não prova isso que a moça se perfumava e que o uso de perfumes não é impróprio diante de Deus?

Conclusão

Embora usasse enfeites e perfume, a sulamita é tida como um exemplo de fidelidade, lealdade e integridade aos princípios piedosos. Seu adorno principal estava, não na sua aparência física, mas no seu interior. Atualmente, as mulheres precisam refletir o exemplo da jovem sulamita.

Lemos em Cantares 4:7: “Tu és toda formosa, amiga minha, e em ti não há mancha.” "A sulamita era bela e sem defeito. ‘Mancha’ também pode referir-se a máculas morais; ela, portanto, é física e moralmente pura." — Bíblia de Estudo Pentecostal, em sua nota ao pé da página.

 

Mas, não se tornou Salomão um apóstata?

A Bíblia de Estudo Pentecostal, página 982, afirma sobre a época da escrita de Cantares: “Salomão deve ter composto este livro no início do seu reinado, muito antes de sua execrável poligamia.” De fato, 1 Reis 11:4, esclarece que, “no tempo da velhice de Salomão, suas mulheres lhe perverteram o coração para seguir outros deuses”. Portanto, Salomão era aprovado quando ofereceu ornamentos à bela sulamita. Foi algum tempo depois de oferecer enfeites à moça que Salomão — inspirado por Deus — passou a escrever.

Jesus é profeticamente representado como tendo vestes perfumadas

SALMO 45:8

"Todas as tuas vestes cheiram a mirra, a aloés e a cássia, desde os palácios de marfim de onde te alegram."

 

Aplica-se o capítulo 45 de Salmos a Jesus Cristo?

Sim. Até mesmo a Bíblia de Estudo Pentecostal reconhece isso colocando o seguinte cabeçalho no Salmo 45: "Descrição profética da união entre Cristo e a sua igreja."

Algo similar faz a Bíblia de Estudo Almeida, Revista e Corrigida. Lemos no cabeçalho do Salmo 45: "O Ungido de Deus e a sua noiva". Comentando este capítulo, uma referência ao pé da página desta Bíblia diz: "Salmo real, mas diferente dos demais, porque não é uma oração dirigida a Deus, mas um poema em honra ao rei. Foi composto para as bodas de um monarca israelita com uma princesa da cidade fenícia de Tiro (cf. o v. 12 e 1Rs 16.31), mas o belo elogio ao rei logo fez com que todo o poema se aplicasse ao Messias. Os primeiros cristãos interpretaram este salmo nesse sentido messiânico. Cf. Hb 1.8-9."

 

Textos relacionados:

PROVÉRBIOS 27:9

"o óleo e o perfume alegram o coração"

 

EZEQUIEL 16:18

"E tomaste as tuas vestes bordadas e os cobriste; e o meu óleo e o meu perfume puseste diante delas."

 

JOÃO 12:3

"Então, Maria, tomando uma libra de ungüento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de Jesus e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do ungüento."

Análise: 

O que indica o fato de Jesus permitir perfumes em si mesmo - e não rejeitá-los?

 

PÁGINA INICIAL