Agradecimentos ao site http://indicetj.com pelo espaço.

 facebok

GRUPO INDICETJ EX-TJ

Participe também!

 

 

 

Ditos populares

Dica: Use o Ctrl + F para localizar a palavra que deseja

 

A água grita a qualquer pancada que lhes dão.

A ambição cerra o coração.

A bebida em excesso prejudica o homem externamente, internamente e eternamente.

A beleza (ou também feiúra, maldade, bondade, etc.) está nos olhos de quem a vê.

A coisa mais difícil de abrir é uma mente fechada.

A concha é que sabe o calor da panela.

A consciência tranquila é o melhor remédio contra insônia.

A doçura do mel não vale a picada da abelha.

A felicidade é um bem que se multiplica ao ser dividido.

A formiga sabe a folha que rói.

A formiga, quando quer perder-se, cria asas.

A galinha da vizinha é sempre melhor que a minha.

A gato velho, camundongo novo.

A hora mais escura é a que vem antes do sol nascer.

A lã nunca pesou ao carneiro.

A língua não é feita de aço, mas pode cortar.

A mais alta das torres começa no solo.

A palavra é prata, o silêncio é ouro.

A pimenta não avisa que arde.

A pior ovelha é a que mais berra.

A preguiça morre à beira d’água.

A pressa é inimiga da perfeição.

A rã não bebe até o fim a água do charco onde vive.

A sombra do branco é igual a do negro.

A terra sorri florindo.

A união do rebanho obriga o leão a ir dormir com fome.

A única forma possível de multiplicar a felicidade é dividi-la.

A velocidade só faz sentido se você estiver na direção certa.

A verdade dói.

A vida é para os que vivem.

A vida é ruim, mas, ninguém quer morrer.

Abre teu porco e verás teu corpo.

Acabou-se o que era doce; quem comeu, regalou-se.

Água e azeite não se misturam.

Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura.

Águas passadas não movem moinho.

Amigo de todos e de nenhum, tudo é um.

Amigo é um irmão que a gente escolhe.

Amor que volta é doçura, amor que parte é saudade.

Ande com os bons, e serás um deles.  

Antes de dar peixe a um mendigo, dá-lhe uma vara e ensina-lhe a pescar.

Antes de magoar um coração, vejas se não estás dentro dele.

Antes que cases, vê bem o que fazes.

Antes só que mal acompanhado.

Antes tarde do que nunca.

Ao assustado, a própria sombra assusta.

Ao meio-dia, panela no fogo, barriga vazia.

Ao término do jogo, o rei e o peão voltam para a mesma caixa.

Aprender nunca é demais.

Aquele que nada tem é muito menos pobre do que aquele que muito deseja.

Aquele que nunca cometeu um erro nunca fez uma descoberta.

Aquele que sobe numa árvore, deve agarrar-se nos galhos, não nas folhas.

Aquele que tem medo de perguntar, envergonha-se de aprender.

As alegrias do abuso do álcool são passageiras, seus resultados, duradouros.

As palavras, como as abelhas, tem mel e ferrão.

Baleia que esguicha não evita o arpão.

Bem pago está quem por satisfeito se dá.

Bobagem é espirrar na farofa.

Boca fechada não entra mosca.

Bode só dá chifrada em quem anda à pé.

Boi é vaca no açougue.

Brigam as comadres, descobrem-se as verdades.

Burro velho não toma freio.

Cachorro mordido por cobra até de linguiça tem medo.

Cada macaco no seu galho.

Caia a faca no melão ou o melão na faca, o melão sofre.

Canarinho sem alpiste não canta.

Casa de ferreiro, espeto de pau.

Casamento é o fim das criancices e o começo das criançadas.

Cavalo bom e homem valente a gente só conhece na chegada.

Cavalo dado, não se olha os dentes.

Chega-te aos bons, serás um deles, chega-te aos maus, serás pior do que eles.

Come para viver e não vivas para comer.

Conforme se dobra o galho, assim cresce a árvore.

Coração que suspira, não tem o que deseja.

Corda muito puxada, arrebenta.

Cuia curtida, mate bom.

De casa de gato, não sai rato forte.

De cobra não nasce passarinho.

De grão em grão, a galinha enche o papo.

De palavra em palavra se chega a uma grande discussão.

De pensar morreu um burro.

Depois da tempestade vem a bonança.

Desse mato não sai coelho.

Deus nos dá o frio conforme o cobertor.

Deus pôs os peixes nas águas, mas a minhoca a gente tem de cavar.

Deus só concerta um coração partido, se lhe dermos os pedaços.

Devagar se vai ao longe.

Dias melhores virão.

Diga-me com quem andas, que eu te direi quem és.

Direito tem, quem direito anda.

Dirija como se o carro fosse seu.

Dois tatus não fazem casa em um só buraco.

Dor de barriga não dá só uma vez.

É de pequenino que se torce o pepino.

É em pé de pobre que sapato aperta.  

É errando que se aprende.

É mais fácil construir um menino que consertar um homem.

É melhor prevenir que remediar.         

Em boca fechada não entra mosca.

Em dia de vitória ninguém fica cansado.

Em estado de dúvida, suspende o juízo.

Em tempo de guerra, mocotó é lombo.

Enquanto as baleias brigam, os camarões são comidos.

Errar é humano, perdoar é divino, mas, continuar errando é burrice.

Escorregar não é cair.

Espere sentado - em pé cansa.

Faça o bem sem olhar a quem.

Fala ao teu cavalo como se fosse gente.

Feliz no jogo, infeliz no amor.

Filho de gato apanha rato.

Gaiola bonita não dá de comer ao canário.

Galo, não sejas tão orgulhoso! Afinal... tua mãe foi apenas uma casca de ovo!

Gato escaldado tem medo de água fria.

Gato que corre atrás de dois gatos, fica sem nenhum.

Gaúcho macho não come mel, mastiga abelha.

Há males que vem para bem.

Leite de vaca não mata bezerro.

Ler sem refletir, é comer sem digerir.

Longa viagem começa por um passo.

Macaco velho não mete a mão em cumbuca.

Mais faz quem quer do que quem pode.

Mais há quem suje a casa do que quem a limpe.

Mais vale as lágrimas da derrota que a ignorância de não tentar.

Mais vale um covarde vivo, do que um valente morto.

Mais vale um dia do sábio do que a vida do ignorante.

Mais vale um pombo na mão do que dois voando.

Mais vale um cão vivo, do que um leão morto.

Mas vale perder um minuto na vida, que a vida em um minuto.

Mas vale se sujar um pouco andando do que morrer sentado.

Mesmo entre espinhos podemos colher rosas.

Muita farofa é sinal de pouca carne.

Nada mais une os corações aflitos do que a tristeza de chorarem juntos.        

Não bata nunca num homem caído. Ele pode se levantar e ser mais forte que você.

Não conte vitória antes do tempo.

Não declares que as estrelas estão mortas só porque o céu está nublado.

Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje.

Não digas desta água não beberei.

Não é necessário esperar pela noite para ver quanto é belo o dia.

Não há mal que sempre dure, nem bem que não se acabe.

Não há pior inimigo que um falso amigo.

Não saber escutar é não saber falar.

Não se apanha rato apertando o rabo do gato.

Não vá o sapateiro além dos sapatos.

Negar um erro é errar duas vezes.

Nem todo dia se come pão quente.

Numa luta entre elefantes, o prejudicado é o capim.

Nunca é tarde para aprender.

Nunca ponha um ponto de interrogação onde Deus já pôs um ponto final.      

O alcoólatra comete suicídio à prestação.

O amor é um sonho, e o casamento um despertador.

O amor vê através de um telescópio, não de um microscópio.

O barato sai caro.

O bom não é ser importante, o importante é ser bom.

O cigarro disse ao fumante: hoje você me acende, amanhã, eu te apago.

O encanador não é responsável por quem entra pelo cano.

O futuro a Deus pertence.

O lobo muda os pelos, não a agressividade.

O mau tempo sempre parece muito pior visto através da janela.

O medo é o pior dos conselheiros.

O mundo dá muitas voltas.

O perfume sempre perdura na mão que oferece uma rosa.

O que a ferrugem faz ao ferro, a inveja faz ao homem.

O que mais procura bosques, mais lobos encontra.

O que não tem solução, solucionado está.

O que os olhos não vêem, o coração não sente.

O que urubu não conhece, não come.

O rio atinge seus objetivos porque aprendeu a contornar os obstáculos.

O seguro morreu de velho.

O sol nasce para todos.

O tambor faz um grande barulho, mas é vazio por dentro.

O tatu procura sempre a sua toca.

O tempo é o senhor da razão.

Onde há fumaça, há fogo.

Os ausentes estão sempre errados.

Os últimos serão os primeiros.

Ousar lutar, ousar vencer.

Papagaio come milho, mas periquito leva a fama.

Para um bom entendedor um pingo é letra.

Passarinho que anda com morcego, dorme de cabeça para baixo.

Pé de galinha não mata pinto.

Pela boca morre o peixe.

Pobre quando coloca a mão no bolso, só tira cinco dedos.

Pobre quando vê muita esmola, desconfia.

Por amor a uma rosa, o jardineiro é espetado por mil espinhos.

Por falta de um cravo, o cavalo perde a ferradura.

Pra quem está se afundando, jacaré é tronco.

Quando a bebida entra, a sabedoria sai.

Quando a esmola é grande, o pobre desconfia.

Quando a maré sobe, os barcos se levantam.

Quando a miséria chega, a virtude sai.

Quando alguém perde, alguém sai ganhando.

Quando falta dinheiro o amor sai pela janela.

Quando o dinheiro fala a verdade cala.

Quando se ganha pão não se come a carne.

Quando um homem cava um poço muitas pessoas conseguem água.

Quando um homem obtém poder até suas galinhas e cachorros sobem aos céus.

Quando um não quer dois não brigam.

Quanto mais alto o coqueiro mais alta a queda.

Que não tem cão caça com gato.

Quem abre uma escola fecha uma prisão.

Quem ama o feio bonito lhe parece.

Quem avisa amigo é.

Quem brinca com espinhos se arranha.

Quem cala, consente.

Quem casa não pensa, quem pensa não casa.

Quem com cães se deita com pulgas se levanta.

Quem com crianças se deita amanhece mijado.

Quem com ferro fere com ferro será ferido.

Quem compra o que não precisa vende o que precisa.

Quem compra sem poder vende sem querer.

Quem corre, cansa.

Quem cospe para o ar, no rosto lhe cai.

Quem dá aos pobres empresta a Deus.

Quem desdenha, quer comprar.

Quem dorme no ponto perde a condução.

Quem é vivo sempre aparece.

Quem espera sempre alcança.

Quem fala o que quer, ouve o que não quer.

Quem faz o cavalo é o dono.

Quem foi à roça, perdeu a carroça.

Quem muito escolhe, com o pior fica.

Quem muito fala, pouco faz.

Quem muito jura, muito mente.

Quem muito pensa no futuro, perde o presente.

Quem não anda, não dá topada.

Quem não arrisca, não petisca

Quem não chora, não mama.

Quem não deve, não teme.

Quem não me apoia, não come boia.

Quem não se arrisca a um fracasso, nunca chega a um sucesso.

Quem não se comunica, se trumbica.

Quem não te conhece, que te compre.

Quem nunca comeu melado, quando come se lambuza.

Quem olha para trás, dá às costas ao futuro.

Quem procura, acha.

Quem queimou a língua nunca esquece de soprar a sopa.

Quem quer vai quem não quer manda.

Quem ri por último, ri melhor.

Quem sai na chuva é para se molhar.

Quem se mete em atalhos não se livra de trabalhos.

Quem tem boca vai a Roma.

Quem tem pena é galinha.

Quem tem saúde de ferro, pode enferrujar.

Quem tem telhados de vidro não atira pedras ao vizinho.

Quem tem vergonha, morre de fome.

Quem tudo quer, tudo perde.  

Quem vê cara, não vê coração.

Rir antes da hora, engasga.

Roupa suja, lava-se em casa.

Saber sorrir, saber viver.

Saco vazio não fica em pé.

Santo de casa não faz milagres.

Satanás não tem medo de Bíblias empoeiradas.

Se estou de bem com a abelha mestra, não me importo que o enxame ronque.

Se faz de leitão pra mamar deitado.

Se o camelo não se ajoelhasse, ninguém lhe punha carga em cima.

Se você quer um lugar ao sol tem de sujeitar-se a algumas queimaduras.

Ser pedra é fácil, o difícil é ser vidraça.

Silêncio também é resposta.    

Somente Deus encontra-se em posição de olhar os outros de cima.

Todas as flores do futuro estão nas sementes de hoje.

Todas as pessoas do mundo sorriem no mesmo idioma.

Touro em campo estranho é vaca.

Um dia é da caça, o outro do caçador.

Uma andorinha só não faz verão.

Urubu na guerra, galinha é.

Vale mais um inimigo sábio que um amigo ignorante.

Vaso ruim não quebra.

Velho é como forno: se esquenta pela boca.

 

 

Agradecimentos ao site http://indicetj.com pelo espaço.

 facebok

GRUPO INDICETJ EX-TJ

Participe também!