facebok

GRUPO INDICETJ EX-TJ

Participe também!

 

Tem as Testemunhas de Jeová um livro Secreto?

- Irmão Brasileiro -

 

Estava novamente vendo as novidades de certo site que tenta defender a Torre de Vigia e ficava estupefato com a cegueira do autor - por mais bem intencionado que ele seja. Acredito que se trata de uma tentativa de auto-justificativa para ficar numa religião que não tem o menor crédito e cujo princípio foi torto (baseado em cálculos falsos, piramidologia e heresias aberrantes).

Com relação a pergunta deste artigo, creio que não é necessário gastar muitas palavras para chegarmos a uma resposta séria, condizente com a realidade e sem tendencialismo algum: é claro que tem!

Eu fui testemunha por vários anos, tenho parentes próximos que ainda o são e eu lembro de nunca ter tido conhecimento do livro "Prestai atenção a ti mesmo e a todo o rebanho", bem como meus próprios familiares. O conteúdo do livro não é conhecido pelas testemunhas medianas. Isto é claro para qualquer pessoa que não é ancião, e até mesmo para servos ministeriais o conteúdo do livro é uma incógnita. Evidentemente, para quem é ou foi ancião entre as Testemunhas sabe muito bem da existência e do conteúdo do livro. O que eu sinceramente acho muito desonesto (a honestidade é o sentimento que me pauta quando escrevo meus artigos, e me dói profundamente ver os opositores do nosso trabalho tentar nos chamar de mentirosos ou coisa do gênero) um artigo que tenta dizer que o livro não é secreto. Cá entre nós, se você não é ou não foi ancião, você conhecia o livro "Prestai atenção..." ? É claro que existe a chance de você ser filho(a) de um ancião e eventualmente ter visto este livro na estante. É um tremendo fanatismo religioso tentar sequer dar a entender o contrário.

Outro detalhe importante: o livro serve como uma "lei" para as comissões judicativas (vide secao5a). Como é que o julgamento pode ser justo se o réu sequer desconhece o livro que rege a "lei" onde ele está sendo julgado ? Isto não existe nem ao menos nos tribunais humanos, que em algumas ocasiões são injustos. Falo isso sem motivação própria, pois não participei pessoalmente de uma "comissão judicativa", senão apenas de uma "visita" de dois anciãos para verificar se a minha carta de dissociação era mesmo o que eu queria. Mas, voltando ao fato do livro ser secreto, lembro-me muito bem quando ainda freqüentava o salão e conheci o conteúdo do livro na internet, um dos servos ministeriais foi anunciado como ancião. Lembro vividamente como se fosse hoje o recém ancião empolgado nas reuniões usar os procedimentos do livro, e uma vez até mesmo ter dito "irmãos, é impressionante como funciona a nossa organização". Para mim ficou claro que nem ele - que era filho de ancião - conhecia o livro, e agora estava fascinado com seu novo poder e seu conhecimento de assuntos até então desconhecidos por ele. Tive amigos que passaram por comissões judicativas, e a lei que rege o "julgamento" está naquele livro. Dizer que o julgamento é baseado na bíblia é uma inverdade - ou pelo menos uma bitolação incrível, uma tentativa de defender a todo custo o indefensável. Mas eu entendo que isso é fruto de pessoas tentando avidamente voltar à sua "zona de conforto". Viver sem a Torre deve ser difícil. Já se imaginou estar sem uma organização para lhe ditar o que deve ou que não deve fazer ? Nem todos estão preparados para isso. Mas posso lhe garantir que é plenamente possível ter paz mental e tranqüilidade, e ter a certeza de estar sendo guiado por Deus sem uma "organização visível". O transtorno inicial é grande, mas após todo o vendaval, o saldo final é bom, principalmente se você está em Cristo Jesus, o verdadeiro caminho e "a verdade". O crescimento de um homem seria impossível se ele não saísse da "zona de conforto" da barriga de sua mãe. Sair da Torre pode proporcionar um grande crescimento espiritual ao homem, desde que ele permita o trabalhar de Deus em sua vida, e não se esqueça dos bons princípios que ele guardou quando era testemunha - que na verdade são bons princípios bíblicos, e não de uma organização.

Mas eu gostaria de mostrar um pedaço do artigo que merece resposta:

"Falando o que é confidencial de outros demonstram que não são cristãos, já que seu proceder não é confiável (Provérbios 25:9) O usar sem permissão produtos intelectuais protegidos sob os tratados internacionais de direitos de autor, direitos reservados e restrições de cópias e reproduções, dão-se a conhecer como ladrões (1 Coríntios 6:10) Alguém que defrauda às autoridades seguramente o defraudasse a você."

Honestamente, o trabalho que as pessoas fazem ao divulgar o livro é um trabalho de coragem (Observação importante: Este site não contém hospedagem do livro "Prestai atenção..." nem se responsabiliza pelo site que está publicando este conteúdo. É um trabalho de desmascarar os procedimentos da Sociedade, e de deixar claro o quão legalista ela é, e além disso, mostrar às pessoas que elas são "fichadas" na organização sem seu consentimento (vide secao5a), que seus procedimentos deixam brecha para que muitos criminosos (pedófilos, etc) não sejam delatados às autoridades (vide secao5c, pg 137), dentre coisas do gênero . Nosso trabalho é o de alertar as pessoas, fiscalizar uma organização ditatorial que não admite investigação ou críticas. Francamente, defender a Sociedade em face a tais coisas é inescusável. Somente Deus para perdoar tal atitude. É o mesmo que defender um ladrão que comete um crime hediondo, sabendo-se que o ladrão é culpado. Quem assim faz certamente vai compartilhar da punição que é cabível a tais homens. Que Deus tenha misericórdia de todos os que tentam defender esta organização sem serem ignorantes do que ela faz - quanto aos ignorantes (os que não conhecem as práticas e motivações da Sociedade), certamente Deus "não leva em conta o tempo da ignorância" (Atos 17:30) e o convida a ser filho Dele, sem intermediários humanos (1 Tim 2:5).

Que Deus abençoe a todos os homens de bem, sedentos da verdade e os verdadeiros cristãos, que são aqueles nos quais Cristo faz habitação (Rom 8:9) e que também tem garantida a vida eterna (João 6:37). O resto é Baal...

 

 

 facebok

GRUPO INDICETJ EX-TJ

Participe também!