O INDICETJ.COM traz até você - em modo para impressão - destaques da seção "Emails" do indispensável site Testemunha (Odracir)

 

 

 facebok

GRUPO INDICETJ EX-TJ

Participe também!

 

 

 

001 - Insultos 'Cristãos'

(Minhas respostas estão em azul)

R., Brasil, 28/9/2002

 

Assim como vc utiliza a constituição p/ se proteger( o que é um direito - Jurisprudência ) utilizarei o mesmo objeto de direito: Você utiliza a constituição e a liberdade de expressão religiosa que se nos é concedida para simplesmente a seu bel prazer parafrasear textos e observações sobre nossas publicações que meramente são fruto de sua própria opinião...
 
O Mini-Dicionário de Aurélio Buarque (1985) define 'paráfrase' como "o desenvolvimento de um texto sem alteração das ideias originais". Creio que foi exatamente o que fiz - reproduzi declarações publicadas na própria literatura da Sociedade Torre de Vigia (de conhecimento público, portanto), com indicação do nome da publicação, data e página. Se você entende que cometi alguma injustiça em meus comentários, queira, por favor, indicar exatamente onde. Mostre qual expressão foi distorcida ou que acusação é falsa. Mas, faça-o como eu - com contraprovas documentais, não apenas com a sua opinião. Estou aberto a críticas, desde que bem fundamentadas. Não me parece ser este o seu caso... , em suas publicações, tem
 
Quanto à liberdade constitucional de expressão e opinião, considero-a uma bênção, algo próprio de qualquer democracia, diferentemente de algumas assim chamadas "teocracias", que tolhem os direitos individuais do ser humano, controlando o que ele ouve, assiste ou lê. Como representantes recentes destes sistemas nefastos posso citar as ditaduras islâmicas, como a de Saddam Hussein, no Iraque, ou a do Taliban, no Afeganistão. Suas palavras parecem indicar que você gostaria de que fosse assim no Brasil - uma "teocracia" comandada pelo corpo governante, desde Brooklyn. Deveras, similarmente às ditaduras políticas, alguns sistemas religiosos invadem as consciências de seus adeptos, ditando o tipo de vestimenta ou de lazer que é recomendável, que tipo de celebrações podem ser observadas, proibindo o serviço militar ou certos tratamentos médicos, recomendando o voto nulo - até quem se pode cumprimentar ou não. Conhece alguma religião assim? Eu conheço...
 
 quer se comparar a nossos ( aliás, meus ) irmãos na Geórgia que foram perseguidas e sua liberdade de religião caçada...
 
Não, jamais me comparei a qualquer grupo religioso, até porque fui vítima de um, desde a infância. Não espero nem desejo tal comparação. Por outro lado, pergunto-lhe: acaso serve a perseguição religiosa como evidência incontestável das bênçãos divinas sobre um grupo em especial? Se você acha que sim, então saiba que nenhum sistema religioso foi mais perseguido durante os últimos séculos do que o judaísmo - mais recentemente, milhões de judeus foram perseguidos e assassinados por Hitler, no famigerado 'holocausto'. Isto prova que Deus está com eles? Os protestantes igualmente foram perseguidos e mortos na Idade Média e por séculos à frente. Isto prova que Deus está com eles? Os muçulmanos foram terrivelmente perseguidos entre os séculos 11 e 15, com 7 sangrentas cruzadas. Isto prova que Deus está com eles? Minorias religiosas têm sido atacadas em diversos países, como a Índia, Paquistão e China. Isto prova que Deus está com elas?
 
Agora sou eu que lhe pergunto: quer comparar seu minúsculo e inexpressivo grupo religioso aos milhões de vítimas das cruzadas católicas na idade média - quando a Sociedade Torre de Vigia nem existia -, ou com os mártires do nazismo durante a II Guerra mundial?
 
As Testemunhas de Jeová são proscritas ou hostilizadas em diversos países, inclusive na Geórgia, por sua filosofia sectária e separatista, bem como por suas violações dos direitos de cidadania - servir às forças armadas, participar nas eleições etc.; ou de fazer uso medicinal do sangue, e não por serem melhores do que ninguém. Recentemente, as autoridades francesas incluíram a sua religião na lista de seitas perigosas em razão de violações de direitos humanos. Além disso, o governo cobrou milhões em impostos atrasados. Acha que isto é perseguição religiosa? Se for, então a Igreja Universal, do bispo Edir Macedo, também sofre perseguição religiosa naquele país. Prova isto que Deus está com ela?
 
você nunca foi uma testemunha de Jeová, se acha que um dia já foi...
 
Isto é uma crítica ou um elogio? Deveras, se durante os anos em que, com apenas 11 anos de idade ou pouco mais, fui ridicularizado várias vezes na escola pelo comportamento anti-social e estranho aprendido na minha religião, ainda assim eu não era uma TJ, o que eu era, então? Por que eu me privava da convivência natural com os colegas de sala, considerando-os "más associações"? Por que eu me recusava levantar e estender o braço diante da bandeira ou do hino nacional? Por que eu me recusava a cantar parabéns para um aniversariante da turma? Por que eu evitava as festinhas do colégio? Por que fugia das moças de minha sala, me expondo ao ridículo? Por que vivia "pregando" para as pessoas que a "geração de 14" não passaria (coisa em que nem você acredita mais)? Ora, amigo, se, diante de tudo isso, eu não era uma TJ, como pode você, que nunca me viu nem me conheceu, dizer o que eu era?
 
você tenta se propagar como gangrena, a mesma qangrena que os judaizantes na época da formação da congregação cristã tentaram propagar, com linguagem macia, exatamente como outro personalidade de influência, Hitler, fazia para alcançar seus objetivos.
 
Engraçado, amigo. Você me acusa de insultar as Testemunhas de Jeová. Todavia, em nenhuma parte de meus artigos eu as chamo de "gangrena" ou as comparo a tal coisa. Ao contrário, no meu dossiê (leia-o), eu falo claramente:
 
"... a maioria das Testemunhas de Jeová – enquanto indivíduos – é composta de pessoas decentes e sinceras, tendo sido a busca de Deus que motivou seu ingresso à religião. Mas é também verdadeiro que isto se aplica aos adeptos de quaisquer outras religiões cristãs."
 
Agora veja como os líderes de sua religião se referem àqueles que discordam deles:

                 "As igrejas Católica, Ortodoxa e, mais tarde, as Protestantes...   tornaram-se parte de Babilônia a Grande, o império mundial da religião  falsa do diabo.  ( A Sentinela de 1/12/1991, pág. 13) 

“Atualmente, os assim chamados ‘Protestantes’ e o clero Yiddish [judeu]  
cooperam abertamente e são controlados pelas mãos da Hierarquia
 
Católica Romana, como
simplórios palermas...” 
(Inimigos, 1937, pág. 222, em inglês)

"Alguns apóstatas professam conhecer e servir a Deus, mas rejeitam ensinos ou requisitos delineados na Sua Palavra. Outros afirmam crer na Bíblia, mas rejeitam a organização de Jeová e tentam ativamente obstaculizar a sua obra. Quando eles deliberadamente escolhem tal maldade depois de conhecerem o que é correto, quando o mal se torna tão entranhado que se torna parte inseparável de sua constituição, o cristão precisa odiar (no sentido bíblico da palavra) os que se agarraram inseparavelmente à maldade.  (A Sentinela de 1/10/1993, pág. 19)

É como diz o provérbio: "tal pai, tal filho"...

E, por falar em Hitler, consulte meu dossiê e conheça carta de bajulação que o presidente Rutherford escreveu a ele. Você ficará impressionado. Se quiser uma cópia do original, terei prazer em enviar-lhe.

Vc se atreve a colocar as testemunhas de Jeová no mesmo patamar que pessoas como Ginjones, que na realidade, suas doutrinas em nada eram guiadas pelas escrituras...como também seus conceitos não o são...
 
Considera que os membros do corpo governante estão acima de Jim Jones (com 'J' e não 'G')? Então faça as contas: sob as ordens dele, cerca de 900 pessoas se mataram, em 1978. De lá para cá, não houve mais nenhuma vítima. Agora compare: sob as ordens do corpo governante, milhares de TJ's recusaram-se a se vacinar entre os anos de 20 e 50. Sobre isso, saiba que, em 1921, só nos EUA, foram registrados 100 mil casos de varíola, com cerca de 40% de mortes. Pode calcular o número de TJ's que se mataram (ou ficaram aleijadas) ao redor do mundo, durante 30 anos, recusando a vacina? Provavelmente, você nunca ouviu falar disso. Sabe por quê? Porque você foi enganado pela Sociedade Torre de Vigia, que esconde este gravíssimo fato de seus adeptos (você, inclusive). Se duvida de minha palavra, visite meu artigo http://testemunha.orgfree.com/medicos.htm e veja as provas documentais (escreva à Sociedade perguntando sobre o assunto). Até o ano de 1945, a Sociedade Torre de Vigia aprovava as transfusões de sangue (de fato, um artigo de 1925 e outro de 1940 elogiavam os doadores de sangue). Todavia, entre os anos de 1945 e 2000, ela proibiu e liberou componentes do sangue mais de três vezes (visite o artigo acima e veja um estudo detalhado). Recentemente, na edição de 15/6/2000 de A Sentinela, a Sociedade diz que não sabe que partes do sangue são aceitáveis ou não. Também afirma que a Bíblia não fornece "detalhes" sobre o tema. É engraçado - se a Bíblia não dá detalhes, então de onde se tirou o critério de "componentes menores" e "maiores", uns aceitáveis e outros não? Mesmo sem saber dos "detalhes", o corpo governante legislou sobre esta doutrina por mais de meio século, mesmo sabendo que milhares estavam morrendo como consequência - leia a revista "Despertai" de 22/5/1994, onde se reconhece o morticínio de muitos jovens. Agora, pergunto-lhe: quantos estão no túmulo por conta desta malfadada doutrina (que tanto mudou nos últimos anos)? Por último, convido-o a pesquisar os ensinos da sociedade sobre transplantes de órgãos. A revista A Sentinela de 1 de Fevereiro de 1962, pág.  96, diz que os transplantes são 'questão de consciência'. No entanto, A Sentinela de 1/6/1968, pág. 349, 350, chama os transplantes de "canibalismo" e a Despertai! de 8 de dezembro do mesmo ano, às  págs.  21 e 22, vai ao ponto de classificar este recurso médico como "mutilação desnecessária". Em 1980, A Sentinela de 1/9, p. 31, volta a autorizar os transplantes. Pergunto-lhe: quantos morreram entre 1968 e 1980, enquanto o corpo governante decidia se doar órgãos era ou não pecado?
 
 Diante do exposto acima, acha mesmo que a Sociedade Torre de Vigia tem as mãos mais limpas de sangue do que Jim Jones ou Luc Jouret?
 
Vc é o que podemos chamar de Apóstata Hipócrita, o exemplo típico de fariseu, que a questão de alguns anos, assassinaram o próprio messias.
 
Ataques pessoais são um recurso bastante comum às TJ's quando elas perdem a linha de argumentação. São muito gentis e sorridentes, desde que o morador aceite tudo que elas ensinam. Ao primeiro sinal de discordância ou contestação séria - especialmente com provas documentais -, elas encerram a conversa e 'fogem', acusando a pessoa de falta de humildade. É claro, pode haver exceções, mas, certamente, você não faz parte delas.
 
Se você, acha que os membros das TJ sofreram lavagem cerebral, vc além de equivocado, vc não sabe genuinamente nada sobre elas e mesmo que seus argumentos sórdidos convençam muitos, a verdade sempre prevalecerá...
 
O que você sabe sobre técnicas de manipulação de massas, amigo? Quanto leu sobre ela nos últimos anos? Conhece as obras "Entendendo o Controle Mental dos Cultos" - de Steve Hassan - ou "Inteligência Emocional" - de Daniel Goleman? Já assistiu a documentários sobre os métodos de Josef Goebbels (o ministro de Hitler) para seduzir as massas? Eu tenho pesquisado o tema profundamente há anos e já escrevi um artigo sobre ele em minha HP ("O lado Negro da Força"). Pelo seu linguajar, percebo que não tem formação acadêmica. Neste caso, que argumentos você me apresenta como refutação à afirmação de que o corpo governante, como outros líderes religiosos, usa, sim, técnicas de condicionamento mental? Fico aguardando argumentos sérios, ao invés de insultos pessoais, mas, sinceramente duvido que você tenha condições de fazê-los. Fique à vontade para tentar...
 
Aproveite o ensejo e envie-me provas documentais que apoiem seu conceito de "verdade".
 
Aliás, por quanto tempo vc achou que era TJ ? Se enxerga rapaz e vê se vc aprende a ser leal ao que aprende...
 
Estudei o livro "Verdade" em 1972 e fui batizado com 12 anos de idade, em 1974. Fui fiel ao corpo governante (e não a Deus) até 1988, quando, com 26 anos de idade, percebi os absurdos que se praticavam dentro da organização e após ver a crassa hipocrisia existente nas congregações a que pertenci (com exceções, é claro). Daí, me afastei e passei a investigar a fundo o passado de minha religião - fiquei chocado com o que descobri e acho ser meu dever denunciar.
 
Quanto a 'me enxergar', acho que este conselho cabe mais a você, pois entrou em minha página sem ser convidado, leu porque quis - desobedecendo ao corpo governante, que proíbe expressamente esta prática - e saiu me atacando sem nunca ter me conhecido pessoalmente. Prefiro ser leal aos fatos a ser leal a homens. Aparentemente, você prefere a segunda opção. É um direito seu...
 
fica utilizando paráfrases de A Sentinela para firmar seus conceitos...
 
Esta afirmação já foi contestada no início de minha réplica. Releia-o!
 
se vc é desassociado, fez algo muito sério e MERECEU...e se vc é dissociado, pior ainda, porque admitiu que não quer a Jeová como Governante e Rei...portanto se vc tem real estima pelo que é verdadeiro, pare de nos insultar!
 
Você errou duas vezes - não sou desassociado nem dissociado. Oficialmente, sou 'inativo', e por uma razão, apenas: para poder manter algum contato com algumas pessoas queridas que ainda estão cativas da organização. Tenho estima pelos milhares de seres humanos que sofrem sobre o jugo do corpo governante. Por isso, busco abrir-lhes os olhos. Quanto aos insultos, acho que você é que os tem feito, desde o início de sua mensagem. Eu pensava que o exemplo a ser seguido por uma TJ como você fosse o de Cristo, que "quando amaldiçoado, não amaldiçoava em revide". Ao que tudo indica, não é o exemplo dele que você segue...
 
Sou TJ a 25 anos e se vc quer saber, vc é apenas mais uma bruma que o vento leva e que Jeová irá te recompensar pelo que merece.
 
Isso significa que eu conheci esta organização bem antes de você, ou seja, há 30 anos, antes da falsa profecia de 1975. Eu passei por aquele desapontamento, você não. Meu batismo ocorreu 3 anos antes do seu,  ou seja, em uma época em que você talvez nem estudante do livro "Verdade" fosse. Quando você nem sabia o que é "geração de 1914", eu já pregava este ensino de casa em casa, sem saber que ele seria totalmente abandonado em 1995, quando não mais podia ser sustentado. Portanto, não acho que esteja em condições de me repreender.
 
Como de costume, você termina a sentença com uma ameaça - coisa bem típica de fundamentalistas religiosos. Eu não concluo minha mensagem com ameaças, mas com fatos e provas!
 
As pessoas que te remeteram e´mail te elogiando são iguais a vc...são lobos que se escondem em peles de cordeiro que querem te apoiar nessa impáfia, com relatos mórbidos, sensacionalista, talvez porque receberam disciplina leal por atos realmente incoerentes com a verdade. Não há dúvida de que se tratam de pessoas desassociadas, dissociadas ou magoadas com a organização de Jeová.
 
Aparentemente você não ficou satisfeito em julgar e amaldiçoar a mim - agora ataca também os leitores de minha HP. Creio que esta é uma demonstração típica de como as TJ's tratam aqueles que discordam delas. Sua atitude me lembra Provérbios 12: 18:
 
"Existe aquele que fala irrefletidamente como que com as estocadas de uma espada, mas a língua dos sábios é uma cura."
 
E mais, não vou citar texto da bíblia nenhum pra vc pois vc se iguala ao Diabo que tentou Jesus na ocasião em que ele estava no ermo 40 dias, faminto e exausto...vc só iria deturpar ainda mais as escrituras, que vc diz, preza muito!
 
Você conclui sua mensagem de forma patética, com mais insultos. Nenhuma prova, nenhuma contestação séria. Como já falei antes, certamente não é no exemplo de Cristo que você se inspira - ele derrubava falsos argumentos com fatos e sem covardia. Como também é costumeiro entre as TJ's tirar passagens bíblicas de contexto, creio que foi para o seu próprio bem que não incluiu nenhum texto, pois se arriscaria a expor-se ao ridículo. Todavia, não o culpo - você também foi enganado. Recomendo-lhe estudar um pouco de história das religiões. Obras como "Uma História de Deus", de Karen Armstrong, ou "História do Cristianismo", de Paul Johnson - ambos, grandes autoridades acadêmicas no assunto -, lhe seriam úteis, mas não creio que você tenha liberdade para consultá-las. Provavelmente, você passará o resto de seus dias lendo apenas aquilo que o corpo governante permite que você leia. Contudo, ainda há uma esperança: assim como você ousou ter um pouco de independência, visitando minha HP - arriscando-se, portanto, a ir a uma comissão judicativa-, quem sabe, um dia, ouse se informar um pouco mais sobre a organização criada por Charles Taze Russell. Pelo menos, são estes os meus votos...
 
Atenciosamente,
 
Odracir
 
PS: A Sentinela de 15/5/1964, pág. 304, diz:

Não é forma de perseguição religiosa alguém dizer e mostrar que a religião de outrem é falsa. Não é perseguição religiosa uma pessoa informada expor publicamente uma religião falsa, permitindo assim que outros vejam a diferença entre a falsa religião e a verdadeira."

 

Odracir

 

 

 facebok

GRUPO INDICETJ EX-TJ

Participe também!