.
  Crianças da Torre de Vigia 

      por David L. Harvey

 

Abusam as Testemunhas de Jeová de suas crianças? A Torre de Vigia promove de fato o abuso mental e emocional de crianças? A maioria das pessoas poderia achar isso desprezível. Vamos dar uma olhada em como as Testemunhas de Jeová tipicamente elevam suas crianças. As crianças são ensinadas desde a infância que servir a Deus significa permanecer ativo na "Organização de Jeová." Lealdade e obediência para a organização e anciãos é enfatizado acima de tudo. Isto inclui proteger a organização e se abster de fazer observações negativas sobre ela ou os anciãos. As crianças são ensinadas à participar "testemunhando de porta em porta" distribuindo literaturas da Torre de Vigia. Eles são associados na Escola do Ministério Teocrático (um programa de treinamento sem fim) onde aprendem a discursar, como abordar estranhos e superar objeções. Como em todo "ministério de multiplicação", a distribuição de literaturas faz parte do recrutamento perpétuo de novos membros que serão ensinados para fazer o mesmo.

O tempo da criança é completamente administrado. A criança tem que comparecer à cinco reuniões em cada semana. Ela tem que ler todas as publicações da Torre de Vigia, preparar "discursos" para a Escola do Ministério Teocrático, tarefas para a Reunião de Serviço, preparação para o Estudo de Livro de Congregação e preparação para distribuir literaturas. Colocação de literaturas inclui testemunhar de porta em porta, bem como o serviço de campo. (permanecer nas esquinas das ruas abordando estranhos para oferecer as revistas Sentinela e Despertai). 

Horas de serviço, colocação de literaturas e visitas de retorno são informados no formulário Relatório de Serviço de Campo. Se a criança já tem idade suficiente para administrar um estudo da Bíblia com outra pessoa, isso é informado no formulário Relatório de Estudo. Esta informação é recapitulada no Cartão de Registro de Publicador, arquivado na congregação. (O cartão é o registro do associado com todas as informações pessoais e pertinentes.) A criança tem que informar todo mês o tempo gasto para ser considerada "regular". Se a qualquer tempo ela se tornar "irregular", leva três meses para ser novamente considerada regular. Se "irregular", estará sujeita a "conversas" de encorajamento pelos pais e anciãos. 

O quadro abaixo mostra o tempo gasto por um adolescente em um mês típico.

Atividade

Horas/Semana

Reunião de serviço

1

Escola do Ministério Teocrático

1

Estudo de Livro de Congregação

1

Discurso Público

1

Estudo da Sentinela

1

De Porta em Porta - Serviço de Campo

2,5

Tempo total por semana servindo a organização Torre de Vigia

7,5

.

Também há três assembléias para assistir. Duas Assembléias de Circuito são agendadas na primavera e outono; a Assembléia de Distrito no meio-verão. Estas somam de nove a doze dias de pesado reforço e encorajamento para "servir a Jeová e sua Organização". 

Crianças são seguidamente encorajadas para serem "Pioneiro Auxiliar" durante pausas da escola e "Pioneiro de Férias" durante férias de verão. Isto chega à 60 horas por mês de porta em porta e testemunho de rua. Tempo gasto na escola, lição de casa, preparação para reuniões e todas as outras atividades além destas. A criança é saturada! Elas são direcionadas para sentirem-se culpadas por terem interesses "mundanos" em vez de interesses do "Reino." ("Como Jeová encara seu desperdício de tempo em interesses não-Reino?") Eles são instilados com um medo anti-natural do mundo. Tudo fora do círculo da Torre de Vigia faz parte da organização de Satanás. Somente as Testemunhas de Jeová são o "povo de Deus." Somente as Testemunhas o adoram como Ele quer ser adorado. Só eles estão fazendo Sua vontade. Só eles serão poupados no Armagedon. O único lugar de segurança está na organização Dele. Medo de ser destruído no Armagedon, vergonha de fracassar na organização e a ameaça de humilhação pública através da desassociação, é bombardeado neles desde a mais tenra idade.

Na escola pública elas são freqüentemente encorajadas a não se juntarem à clubes, esportes organizados, festas escolares, e é proibido saudar a bandeira ou cantar canções patrióticas. (Elas têm que permanecer sentadas quando a bandeira é apresentada e o Hino nacional cantado.) Elas não podem celebrar aniversários ou feriados. Associação com os de fora é desencorajada e às vezes proibida. ("Como Jeová vê suas associações? Lembre-se, más associações estragam hábitos úteis".) 

Certos tipos de tratamentos médicos são negados para os membros de acordo com a visão organizacional atual. Isto vale até mesmo se existir uma situação vida-ameaça. Transplantes de órgãos e algumas vacinas foram proibidas até o inicio da década de 50. Em 1980, eles decidiram aceitar transplantes de órgãos. Não são permitidas transfusões de sangue. Espera-se que os pais respeitem a diretiva da organização. Não é incomum que pais bloqueiem ou ignorem ordens Judiciais relativo à transfusões de sangue para suas crianças. Esta atitude é tomada para obedecer as "leis de Deus" que mudam de vez em quando. 

Antigamente havia intenso desencorajamento para a faculdade. Embora a Sociedade Torre de Vigia "amoleceu" sua atitude diante disso, eles ainda dão ênfase à escolas profissionalizantes em detrimento de uma carreira profissional. Uma carreira ideal seria, é claro, a de "Pioneiro de Tempo integral." Não é permitido o serviço militar, escritório político ou servir como policial (ou até mesmo votar).

Todas estas coisas adicionam uma forma extrema de controle da mente, que simplesmente é manipulada. Doses generosas de culpa, ameaças, vergonha e medo, são usadas para programar e coagir as crianças para executar trabalho gratuito para a organização. Crianças desejam amor e aprovação dos pais. Elas obedecem freqüentemente só para obter a atenção e carinho que necessitam. Mas amor e amizade são condicionais na criança que permanece "em boa posição" na organização. Se uma criança recusa ou não executa, o amor e amizade cessam. (Isto inclui os pais, irmãos e amigos pessoais.) Os anciãos podem tentar "reajustar" tal pessoa espiritualmente fraca ou doente para a "mentalidade de Jeová." Sair voluntariamente ou ser desassociado resulta em evitação. Amor, amizade e contato social cessam imediatamente. Ninguém sequer falará com aquela criança, enquanto a tratando como morta. Eles se tornam assunto de intenso ódio. Medo de tal tratamento desumano é o suficiente para assegurar "fidelidade." Mas às vezes isso não é o bastante. 

O volume de cartas recebidas desses criados como Testemunhas de Jeová, e os relatórios periódicos de suicídios e doenças mentais dentro da Sociedade, indicam que muito da culpabilidade, jaz sobre a liderança da Torre de Vigia. 

Traduzido por Fábio Pacheco com permissão de: http://www.freeminds.org/


    Texto original: Children of the Watchtower 

 
1