Resposta da Torre ao The Guardian e a replica - INDICETJ.COM Escandalo sobre Testemunhas de Jeova

Ex-Testemunha de Jeová
publica mais de 1.000 artigos críticos!
Ir para o conteúdo
1
2
3
4
5
6


RESPOSTA DA TORRE AO JORNAL THE GUARDIAN SOBRE O CASO "ONU" E A RÉPLICA
Jeova na ONU
Para: Cartas
De: -x-

Assunto: As Testemunhas de Jeová e as Nações Unidas

Prezado Senhor,

Em resposta a dois artigos de Stephen Bates, correspondente para assuntos religiosos do The Guardian, ficaria agradecido se a carta anexa fosse publicada.

sinceramente,

Paul Gillies
Assessor de Imprensa das Testemunhas de Jeová na Inglaterra
22 de outubro de 2001
Editor de Cartas
The Guardian
e-mail: letters@guardian.co.uk

Prezado Senhor,

Os artigos de Stephen Bates no The Guardian de 8 e 15 de outubro deturpou a razão do registro feito pelas Testemunhas de Jeová junto às Nações Unidas e contém alguns erros factuais.

Em 1991, uma de nossas corporações legais registrou-se junto às Nações Unidas como ONG (Organização Não-Governamental) com o único objetivo de ter acesso à vasta biblioteca das Nações Unidas. Este registro possibilita que um escritor que tenha recebido um cartão de identificação, possa entrar na biblioteca para pesquisar e obter informações que possam ser utilizadas em artigos sobre as Nações Unidas a serem escritos em nossas revistas. Não há nada de secreto nisso.

Na época da inscrição, não se exigiu nenhuma assinatura em qualquer formulário. Anos mais tarde, sem que o Corpo Governante das Testemunhas de Jeová fosse notificado, as Nações Unidas publicaram o "Critério Para a Associação" obrigando as ONGs a ela associadas  a apoiarem os objetivos das Nações Unidas.

Ao tomarmos conhecimento da situação, solicitamos a nossa desassociação e o cartão de identificação do escritor foi devolvido

Sinceramente,

Paul Gillies
Assessor de Imprensa das Testemunhas de Jeová na Inglaterra

P.S. Favor não publicar meu endereço de correio eletrônico ("e-mail").
Prezado Sr. Gillies,

Tão logo recebi sua carta  submeti-a para publicação duas semanas depois que o meu primeiro artigo apareceu no The Guardian.

Ficaria muito grato se o sr. me autorizasse circulá-la pelas milhares de Testemunhas de Jeová que têm me contatado desde que os artigos foram publicados porque, se não havia nada secreto com relação à sua associação com a Fera Escarlate, me surpreendeu que tantos dos seus seguidores nada sabiam a respeito dela, considerando a freqüente condenação da ONU feita pela WTBTS (STV) em suas publicações.

Todos esses acontecimentos podem ser interpretados pelas Testemunhas como tendo um ar de traição e hipocrisia. Se não era segredo e a associação foi apenas para conseguir uma identificação para uso da biblioteca, por que o Sr. não me informou disso quando falei consigo vários dias antes da publicação do artigo? Certamente o Sr. teria conhecimento desse fato ou teria os meios para descobri-lo rapidamente, como pode fazer a maioria dos assessores de imprensa.

E por que a WTBTS decidiu se desligar apenas dois dias depois do aparecimento de meu artigo , quando a WTBTS "soube da situação" que, certamente, não era segredo? Qualquer organização que se afilia a outra deve, certamente, saber que tem que se sujeitar a certos princípios básicos, portanto, fingir que, de repente, se viram obrigados a aceitar os princípios que regem a Carta da ONU é, no mínimo, falta de sinceridade.

Ao ponto em que pude deduzir de sua carta, não há quaisquer erros factuais em minhas reportagens pois o Sr. não me apontou nenhum que não tivesse tido a oportunidade de esclarecer quando conversamos. Não acredito que sua carta seja publicada. Mas o que sou eu - apenas uma peça insignificante em sua demonologia.

Cumprimentos,

Stephen Bates
LIBERTOS!
Participe! Envie seu artigo para indicetj@yahoo.com
O INDICETJ.COM não comercializa publicações, filmes ou qualquer outro tipo de arquivo.

Voltar para o conteúdo