Será Que a Sociedade Torre de Vigia Foi Escolhida Por Jesus em 1919 - INDICETJ.COM Escandalo sobre Testemunhas de Jeova

Ex-Testemunha de Jeová
publica mais de 1.000 artigos críticos!
Ir para o conteúdo
1
2
3
4
5
6

SERÁ QUE  SOCIEDADE TORRE DE VIGIA FOI ESCOLHIDA POR JESUS EM 1919?

Norman Hovland
Conforme todas as Testemunhas de Jeová sabem, mas são sempre completamente incapazes de explicar, a Sociedade Torre de Vigia simplesmente é "a Organização de Jeová". Esta afirmação tem sido repetida tantas vezes na literatura da Torre de Vigia que se tornou numa "verdade". Vejamos a linguagem e expressões que são usadas:

26 Os fatos históricos mostram que foi em 1919 que os do restante na terra, dos 144.000 herdeiros do Reino, começaram a ser libertos da Grande Babilônia. Naquele ano começou a ser pregada de casa em casa e publicamente a mensagem do reino estabelecido de Deus, pelas testemunhas cristãs de Jeová, de modo destemido. Esta pregação do Reino, como estabelecido em 1914, se fez em cumprimento da profecia de Jesus em Mateus 24:14: "Estas boas novas do reino serão pregadas em toda a terra habitada, em testemunho a todas as nações." ["Caiu Babilônia, a Grande!" O Reino de Deus já Domina!, 1972, p. 77]

Como de costume, quando não existe absolutamente nenhuma evidência, é usada a expressão "Os fatos históricos mostram". Claro que os fatos históricos não mostram semelhante coisa, se mostram algo é precisamente o oposto, conforme demonstrarei no que se segue.

38 Sem sombra de dúvida, foi um verdadeiro tempo de inspeção da classe do "escravo" do Amo. Todos os fatos do caso argumentam que o Amo veio naquele tempo para a obra de inspeção. Isto devia ser esperado segundo a profecia de Malaquias 3:1-5. Naturalmente as igrejas sectárias da cristandade haviam criado para si uma reputação no tempo da guerra, uma atuação flagrante que afetava fortemente a sua afirmação de ser discípulos e escravos de Jesus Cristo. Podiam elas provar, pela sua última atuação até 1919, que elas mesmas eram a classe do composto "escravo fiel e discreto" do Senhor e Amo celestial, Jesus Cristo? Ele, como Juiz indicaria quais os seus achados pelo modo em que depois tratasse com as centenas de seitas religiosas da cristandade. [Aproximou-se o Reino de Deus de Mil Anos, 1975, pp. 349, 350]

Mais uma vez, um caso desesperado de palavras sem sentido, absolutamente sem fatos reais em seu apoio. Isto é, na melhor das hipóteses, pura fantasia. Mas tomemos a sério por um momento estes loucos disparates, investiguemos a afirmação de Brooklyn. Conforme podemos ver acima, as igrejas da cristandade seriam julgadas pela sua "atuação" anterior a 1919. Não seria lógico assumir que a atuação anterior a 1919 também seria considerada no caso da Sociedade Torre de Vigia? É claro! Então, o que a atuação da Sociedade Torre de Vigia nos mostra?

Absolutamente 100% das profecias deles falharam. A "cronologia" de Russell com as datas 1799, 1874, 1878, 1881 e 1914 foi um fiasco retumbante, mas ainda se manteria como "A Verdade" até 1930. Mas sem dúvida o Senhor, Jesus Cristo, que estava a levar a cabo a inspeção, teria lido a última publicação bombástica deles, The Finished Mystery [O Mistério Consumado], publicada em 1917. Esta publicação sem dúvida teria um grande impacto na sua escolha de quem seria a "classe do escravo fiel e discreto". Então, será que a Sociedade Torre de Vigia podia "provar, pela sua última atuação até 1919, que elas mesmas eram a classe do composto 'escravo fiel e discreto' do Senhor e Amo celestial, Jesus Cristo"? Realmente, qual era a atuação da Sociedade Torre de Vigia?

Examinemos mais de perto algumas das "verdades" apresentadas neste notável livro. Jesus sem dúvida ficou bastante intrigado pelo fato de o livro afirmar que Ele próprio era responsável pelo livro:

"O Senhor assume um interesse e responsabilidade pela série completa de ESTUDOS DAS ESCRITURAS, o último [livro] dos quais representa especialmente a figura do lagar (Rev. 14:18-20) ... E eu vi (um) OUTRO anjo. -- A classe de Elias depois da publicação do Volume Sete de Estudos das Escrituras." (The Finished Mystery [O Mistério Consumado], 1917, p. 295)




Agora, leiamos aquilo pelo qual Jesus foi responsabilizado. Aparentemente esta alegada "inspeção" em 1919 não foi totalmente justa. Parece que Jesus já tinha tomado a sua decisão logo em 1879!

"8:3. E outro anjo. -- Não a "voz do Senhor", mencionada no capítulo anterior, mas o corpo coletivo -- a Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados, que o Pastor Russell formou para terminar o seu trabalho. Este versículo mostra que, embora o Pastor Russell tenha passado para além do véu, ele ainda está a administrar todos os aspectos do trabalho de Colheita. A Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados é a maior empresa do mundo, porque desde o tempo da sua organização até agora o Senhor tem-na usado como Seu canal através do qual torna conhecidas as Boas Novas." (The Finished Mystery [O Mistério Consumado], 1917, p. 144)




Aqui encontramos informações realmente espantosas e sensacionais. Em primeiro lugar, é tornado muito claro que o Senhor (Jesus) tinha usado a Sociedade Torre de Vigia como seu canal "desde o tempo da sua organização", que foi em 1879! Então para quê encenar uma inspeção simulada em 1919? Mas também há aqui outra informação muito interessante. O Pastor Russell ainda estava no comando do "trabalho de colheita" apesar de já estar morto! Yikes! E eu pensava que as Testemunhas de Jeová abominavam o espiritismo. Bem, avancemos e deleitemos os nossos olhos na riqueza da "verdade", vinda diretamente do "Senhor". Como todas as Testemunhas de Jeová sabem, Revelação fala de uma "grande multidão" que nenhum homem podia contar. Ai sim? Claro que a Sociedade Torre de Vigia sabia o número da grande multidão, que era chamada "Grande Companhia" nesse tempo:

"O número -- da Grande Companhia aparentemente excederá cem milhões. Núm. 4:46-48 e Êx. 28:1 só indicam um sacerdote para cada 2.860 levitas, o que tornaria o número da Grande Companhia aproximadamente 411.840.000." (The Finished Mystery [O Mistério Consumado], 1917, p. 103.)

Mas a história não acaba aqui. Jesus, que também foi responsabilizado por esta "obra prima", tinha mais "verdades" a revelar. Toda a Testemunha de Jeová que se preza hoje sabe quem são o arcanjo Miguel e os seus anjos. Mas o Mistério Consumado disse a "verdade" aos fiéis:

"12:7. E houve guerra no céu. -- Entre os dois poderes eclesiásticos, Roma Pagã e Roma Papal.

Miguel. -- "Que é semelhante a Deus", o Papa. -- B275; C62.

E os seus anjos. -- Os Bispos. O seguinte é a resposta dada no catecismo católico à questão: "Quem são os sucessores dos apóstolos?" Resposta: "Os bispos que são corretamente consagrados, e estão em comunhão com a cabeça da Igreja, o Papa."

(Lutaram contra) PARA GUERREAR COM o dragão. -- Tentaram retirar o poder temporal aos governantes civis. -- Rev. 2:12.

E o dragão. -- Roma Imperial. -- B288; Rev. 12:3; 20:2.

Lutou e os seus anjos. -- Fez tudo o que era possível para circunscrever o poder crescente do papado, mas tudo em vão. -- Rev. 2:12." (The Finished Mystery [O Mistério Consumado], 1917, p. 188, 189)




Depois temos Jó -- o primeiro ferroviário.

Jesus deve ter ficado muito orgulhoso (considerando que ele foi "responsável" por esse livro) pela seguinte explicação de Jó 40:15 -- 41:34:

"Jó também descreve a máquina a vapor -- estacionária, do caminho de ferro e dos navios. O que se segue é uma tradução corrigida de Jó 40:15 até 41:34, com comentários da pena de um dos seguidores do Pastor Russell: "Observa agora um com grande calor (a máquina a vapor estacionária), que fiz para estar contigo; ele comerá erva (turfa, madeira, carvão) como o gado. Observa, agora a sua força está nas suas ancas (chapas da caldeira), e o seu poder está dentro das partes curvadas em círculo (casco do cilindro) do seu ventre. A sua cauda (coluna de fumo -- oposta à parte de alimentação) manter-se-á direita como um cedro; os tendões das suas coxas (varas de ligação, carvoeiros) serão entrelaçados. Seus ossos são tubos de cobre; seus ossos fortes (barras de arrasto) são como barras de ferro forjado. Ele é o maior dos meios de poder. Aquele que o fez (o Senhor) pode fazer que a Sua espada (Palavra) se aproxime (revele) dele. (Isa. 26:20, 21.) Deita-se debaixo dos lódãos espinhosos (nuvens de vapor), no esconderijo de canas (juta) e no brejo (argamassa). Os choupos do vale da corrente (as árvores por cima) cercam-no à volta. Olhai (tal como uma bomba) ele beberá um rio transbordante sem muita preocupação; ele fará as pessoas terem confiança (de que os seus reservatórios de carvão se manterão secos), mesmo que o Jordão irrompa contra a sua borda. Ele reuni-lo-á nas suas fontes através de armadilhas e com um laço. "Acaso podes puxar para fora o leviatã (a locomotiva) com um anzol (acoplador automático) ou podes manter-lhe a língua (elo de ligação) abaixada com uma corda (parafuso acoplador). Podes pôr-lhe um junco (pistão) nas narinas (cilindros) ou furar-lhe a queixada (extremidades do pistão) com um espinho (parafuso de pistão)? Far-te-á muitos rogos (para sair da linha)? Ou dir-te-á palavras suaves (quando chia; com o apito)?" (The Finished Mystery [O Mistério Consumado], 1917, pp. 84, 85)




Ora, como é que Jesus podia resistir a esta evidência ao considerar quem devia ser o seu "canal" na terra? Mas havia outros "fatos" ainda mais convincentes que haveriam de pesar muito na escala a favor da Sociedade Torre de Vigia. Pense na taxa de falhanços de 100% que eles tinham, mas agora Jesus durante a sua inspeção sem dúvida também teria reparado no discurso muito publicitado "Milhões que agora vivem jamais morrerão", proferido a partir de 1918, onde Rutherford declarou:

"Portanto podemos esperar com confiança que 1925 marcará o regresso de Abraão, Isaque, Jacó e dos fiéis profetas da antigüidade, particularmente aqueles mencionados pelo apóstolo em Hebreus 11, à condição de perfeição humana." (Millions Now Living Will Never Die [Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão], p. 89 [em inglês].)

Claro que Jesus estava sendo responsável por toda esta literatura, e sabia os fatos sobre tudo isto. Mas aparentemente ele e a Sociedade Torre de Vigia fizeram outra tentativa quanto a uma data para o fim, e quem pode argumentar contra esta explicação exata e muito edificante sobre as Escrituras Sagradas que encontramos aqui?

"Sem dúvida Satanás acreditava que o Reinado Milenar estava destinado a ser estabelecido em 1915 ... Seja como for, há evidência de que o estabelecimento do Reino na Palestina será provavelmente em 1925, dez anos depois [da data] que certa vez calculamos. Os 70 jubileus, contados como sendo de 50 anos cada, expiram em outubro de 1925. (B 186.) Gên. 15:1-16:3, lido em ligação, indica que a visão de Abraão quanto ao momento em que ele receberia o Reino não foi concedida senão dez anos depois de ter sido feito o Pacto, ou 2035 A.C. As idades dos animais ofereceram onze anos agregados que, aplicados profeticamente, numa escala de um ano por um dia, igualam 3960 anos, a duração do tempo desde a data das visões até 1925 A.D. (Z. '07-79). Parece conclusivo que a hora de trabalho de parto da Sião Nominal está fixada para a Páscoa de 1918. (Veja Rev. 3:14.) Isso será 7 anos antes de 1925. Nesse tempo há toda a razão para acreditar que os anjos caídos invadirão as mentes de muitas pessoas da Igreja Nominal, levando-as a conduta excessivamente néscia e levando à sua destruição às mãos das massas enraivecidas, que mais tarde serão arrastadas para o mesmo destino ... Depois de os demônios terem sido lançados à solta entre a classe dos porcos, veremos o que acontece. (Mat. 7:6; 8:31-34.) Aqueles que agora estão receosos de poderem aprender algo, ficarão atingidos pelo terror devido a uma razão diferente." (Millions Now Living Will Never Die [Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão], p. 128 [em inglês].)

Que registo poderoso e convincente a Sociedade Torre de Vigia tinha! Como é que Jesus poderia ter feito outra coisa exceto o óbvio, ele tinha de rejeitar as imprestáveis e falsas seitas da cristandade e tinha de escolher este farol de verdade e integridade, a Sociedade Torre de Vigia, como seu "canal de comunicação". E o que mostra o registo? Bem, segundo as afirmações da Torre de Vigia, ele derramou o seu espírito sobre eles a um tal ponto que eles quase sufocaram. Portanto, vejamos que influência teve sobre eles o "espírito de Jeová". O que fizeram eles, agora que tinham sido escolhidos, e tinham recebido esta incrível quantidade de espírito?

A Sociedade Torre de Vigia tem continuado até hoje a pintar a sua história com tons tão cor-de-rosa quanto lhes é possível. Sabendo perfeitamente que tipo de disparates, baboseiras e afirmações completamente falsas foram feitas na literatura da Torre de Vigia nesse tempo, podemos ver aqui alguns exemplos do modo incrivelmente desonesto como Brooklyn trata a sua história:

18 No entanto, haveria uma aplicação adicional de Joel 2:28-32. Na realidade, esta profecia tem tido um notável cumprimento desde setembro de 1919. Naquela época realizou-se um memorável congresso do povo de Jeová em Cedar Point, Ohio, EUA. O espírito de Deus estava bem evidente, e seus servos ungidos sentiram-se estimulados para empreender a campanha de testemunho global, que se estende até os dias atuais. [A Sentinela, 1.º de maio de 1992, p. 13.]

Especialmente em 1919 e em 1922 ocorreram derramamentos hodiernos do espírito de Jeová, especificamente relacionados com os dois congressos do povo dedicado de Jeová, em Cedar Point, Ohio, E.U.A. [A Sentinela, 1.º de dezembro de 1981, p. 30.]

Mas, Jeová os ergueu pelo seu espírito e pela palavra da verdade. Pouco depois, durante o congresso que realizaram em Cedar Point, Ohio, E.U.A., em 1922, decidiram realmente anunciar o Rei e o Reino. Jeová os tem guiado desde então, de modo que seu nome e reino ficaram conhecidos mundialmente. [A Sentinela, 15 de março de 1981, p. 19.]

Conforme podem ver, eles falam muito destes congressos "memoráveis" em Cedar Point em 1919 e 1922. Também vale a pena notar que é cirurgicamente evitada qualquer referência ao assunto dessa muito publicitada campanha. Qual era então a mensagem que o "espírito" queria ver "anunciada" em 1922? Bem, era a "Campanha dos Milhões" que começou em 1920. Era esta mensagem:

"O período tem de terminar em 1925. Findo o tipo, o antitipo tem de começar; e por isso 1925 está definitivamente fixado nas escrituras. Toda a pessoa ponderada pode ver que um grande clímax está iminente. As Escrituras indicam claramente que o clímax é a queda do império de Satanás e o estabelecimento pleno do reino messiânico. Sendo este clímax alcançado em 1925, e marcando o começo do cumprimento das bênçãos há muito prometidas de vida para as pessoas, milhões que agora vivem na terra estarão vivos nessa altura e aqueles que obedecem às leis justas do novo arranjo viverão para sempre. Consequentemente, pode ser dito com confiança neste tempo que milhões que agora vivem nunca morrerão." (Golden Age [A Idade de Ouro], 4 de janeiro de 1922, p. 217 [em inglês].)

"Não temos qualquer dúvida a respeito da cronologia relacionada com as datas de 1874, 1914, 1918 e 1925. Foi nesta linha de contagem que as datas 1874, 1914 e 1918 foram localizadas, e o Senhor colocou a marca do seu selo sobre 1914 e 1918 além de qualquer possibilidade de modificação. Que evidência adicional precisamos? Usando esta mesma linha de medição .... é fácil localizar 1925, provavelmente no outono, como sendo o começo do jubileu antitípico. Não pode haver mais questão sobre 1925 do que havia sobre 1914." (Watchtower [A Sentinela], 15 de maio de 1922, p. 150 [em inglês].)

"É na base disso e de tantas correspondências -- em harmonia com as leis mais sólidas da ciência conhecida -- que afirmamos que, biblicamente, cientificamente e historicamente, a cronologia da verdade-atual está correta para além de dúvida. A sua fiabilidade tem sido abundantemente confirmada pelas datas e eventos de 1874, 1914 e 1918. A cronologia da verdade-atual é uma base segura sobre a qual o consagrado filho de Deus pode tentar procurar as coisas por vir." (Watchtower [A Sentinela], 15 de junho de 1922, p. 187 [em inglês].)

"Esta cronologia não é do homem, é de Deus. Sendo de origem divina e divinamente corroborada, a cronologia da verdade-atual está numa classe própria, absoluta e inqualificavelmente correta...." (Watchtower [A Sentinela], 15 de julho de 1922, p. 217 [em inglês].)

'1914 terminou os Tempos dos Gentios... A data 1925 é indicada de modo ainda mais distinto pelas Escrituras... então a grande crise terá sido alcançada e provavelmente terá passado' (Watchtower [A Sentinela], 1.º de setembro de 1922, p. 262 [em inglês].)

Não admira que os numerosos artigos exaltando e glorificando aqueles congressos históricos nunca nos digam qual era realmente a mensagem, o que eles estavam realmente a "anunciar"!

Vamos aqui resumir alguns fatos. Conforme a Sociedade Torre de Vigia nos diz, Jesus efetuou uma inspeção a toda a cristandade e, em 1919, depois de ter passado em revista o registo ou atuação de todas as seitas e igrejas da cristandade, decidiu que a seita com o recorde mundial absoluto de falsas profecias seria a melhor posicionada para sua representante na terra. Também aprendemos que ele de fato tinha-os usado desde 1879, e depois ele próprio foi realmente responsável por todas as falsas profecias deles. Mas, como se isto não fosse suficiente, quando ele os escolheu e derramou o seu espírito sobre eles em Cedar Point, em 1919 e 1922, eles lançaram uma campanha febril cuja mensagem era ainda outra falsa profecia na forma da data 1925! Conforme podemos ver a partir das citações acima, esta data foi anunciada como uma certeza absoluta.

Agora, faça a si mesmo esta simples pergunta: É este o efeito que seria de esperar depois de o "espírito de Jeová" ter sido derramado sobre alguém? Se o leitor for uma pessoa com um mínimo de honestidade, com certeza saberá a resposta. E evidentemente saberá se é verdadeira a afirmação da Sociedade Torre de Vigia, quando diz que foi "escolhida pelo Senhor".

Em vista de tudo isto, será que há por aí alguma fiel e leal Testemunha da Torre de Vigia que nos possa dizer o que os "fatos históricos" mostram sobre a escolha feita pelo Senhor em 1919? Aposto que ficarão silenciosos que nem um morto. Afinal, "a verdade não tem a ver com fatos", conforme disse um dos vossos melhores apologistas.

LIBERTOS!
Participe! Envie seu artigo para indicetj@yahoo.com
O INDICETJ.COM não comercializa publicações, filmes ou qualquer outro tipo de arquivo.

Voltar para o conteúdo