Testemunhas de Jeova hipocritas abandonam ligacao secreta com as Nacoes Unidas - INDICETJ.COM Escandalo sobre Testemunhas de Jeova

Ex-Testemunha de Jeová
publica mais de 1.000 artigos críticos!
Ir para o conteúdo
1
2
3
4
5
6


TESTEMUNHAS DE JEOVÁ "HIPÓCRITAS" ABANDONAM
LIGAÇÃO SECRETA COM AS NAÇÕES UNIDAS
Stephen Bates
Fera de Apocalipse
Stephen Bates, correspondente de assuntos religiosos

As Testemunhas de Jeová desafiliaram-se apressadamente das Nações Unidas poucos dias depois de uma história do Guardian na qual membros acusaram a seita de hipocrisia por apoiar uma organização que denunciou repetidamente em privado.

Depois do artigo na segunda-feira passada [8 de outubro de 2001], a hierarquia da organização com base em Nova Iorque evitou um inquérito das Nações Unidas ao concordar em dissociar as Testemunhas da organização que defende ser a besta cor-de-escarlate mencionada no Livro de Revelação [Apocalipse].

A Watchtower Bible and Tract Society of New York [Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados de Nova Iorque], como a seita é formalmente conhecida, tem 6 milhões de membros em todo o mundo e 130.000 na Grã-Bretanha. Tinha estado secretamente afiliada com as Nações Unidas como uma organização não-governamental durante 10 anos.

Espera-se das organizações reconhecidas que demonstrem que partilham os objetivos das Nações Unidas, mas em vez disso os anciãos dizem às Testemunhas para encarar a ONU como sendo "uma coisa repugnante perante Deus e seu povo" [A Sentinela, 1.º de junho de 1996, p. 17] por alegadamente aspirar à dominação mundial como Babilônia a Grande, a besta de Revelação. [Aqui o jornalista equivocou-se. As Testemunhas de Jeová não acham que as Nações Unidas sejam Babilônia a Grande.]

A seita não acredita na participação no governo e inicialmente tentou minimizar ou negar a evidência do site da Internet das Nações Unidas, que a inclui na lista das 1.500 ONGs [Organizações Não-Governamentais] [associadas ao DPI da ONU]. [Nota: o nome da Watchtower foi retirado da lista em 18 de outubro de 2001.]

Aqueles que traziam a evidência à luz eram acusados de apostasia. Membros desafiliados tornam-se conhecidos informalmente, tal como o resto da humanidade, como sendo "sementes [de comida] para pássaro", de acordo com a profecia bíblica sobre o destino dos não crentes, cujos cadáveres serão debicados até ao osso por corvos.

Poucas horas depois do aparecimento do artigo no site da Internet do [jornal inglês] Guardian na segunda-feira [8 de outubro de 2001] e da sua reprodução num fórum de discussão sobre as Testemunhas de Jeová, mais de 14.000 pessoas em todo o mundo tinham-no lido.

Ontem havia 353 mensagens [...] discutindo o artigo e as suas revelações, com Testemunhas nos Estados Unidos pedindo para ver cópias do jornal.
LIBERTOS!
Participe! Envie seu artigo para indicetj@yahoo.com
O INDICETJ.COM não comercializa publicações, filmes ou qualquer outro tipo de arquivo.

Voltar para o conteúdo