Violacao da neutralidade crista - INDICETJ.COM Escandalo sobre Testemunhas de Jeova

Ex-Testemunha de Jeová
publica mais de 1.000 artigos críticos!
Ir para o conteúdo
1
2
3
4
5
6


VIOLAÇÃO DA NEUTRALIDADE NAZISTA
Odracir

  • "De acordo com a resolução do Congresso em 2 de Abril, e com a proclamação do Presidente dos Estados Unidos em 11 de Maio, sugere-se que o povo do Senhor em todos os lugares, faça de 30 de Maio um dia de oração e súplica. A Deus aprouve graciosamente fazer com que esta nação fosse formada e se desenvolvesse sob as mais favoráveis condições no mundo para a preservação da liberdade civil e religiosa." - A Sentinela de 1/6/1918, pág. 174 (em inglês)

  • "Um cristão, não desejando matar, talvez não tenha sido conscienciosamente capaz de comprar bônus [de guerra] do governo; mais tarde ele considera que grandes bênçãos recebeu sob este governo, e percebe que a nação está em apuros e encarando o perigo quanto a sua liberdade, e ele se sente conscienciosamente capaz de enviar algum dinheiro ao país, simplesmente do mesmo modo que ele o enviaria a um amigo em dificuldades." - A Sentinela de 1/6/1918, pág. 6268 (reimpressão em inglês)

  • "Desde que a Casa de Betel foi fundada, num canto da sala de visita tem sido preservado um pequeno busto de Abraham Lincoln, com duas bandeiras americanashasteadas sobre ele... Nada vemos de impróprio para com o dever de um cristão." - A Sentinela de 15/5/1917, pág. 150 (em inglês)

  • "Todos na América deveriam ter satisfação em mostrar a bandeira Americana..." - A Idade de Ouro de 4/2/1931, pág. 293 (em inglês)

Nota: o lançamento dos dois primeiros artigos acima, em 1918, causou uma imediata reação de repúdioentre muitos membros da Sociedade Torre de Vigia na época, ocasionando uma ruptura no movimento, da qual nasceu uma entidade de dissidentes - "Associação dos Estudantes da Bíblia Intransigentes" - os quais ficaram conhecidos como Standfasters. A própria Sociedade admite a quebra da 'neutralidade política' em sua publicação Proclamadores, pág. 191, muito embora não transcreva o artigo sobre o "dia de oração e súplica" e tampouco mencione a questão da compra de bônus de guerra. Karl Klein, falecido membro do Corpo Governante, em seu depoimento pessoal sobre aquela época - Despertai! de 22/9/1987, pág. 17 - admite que os dissidentes Standfasters "viam esta questão com clareza", mas ao mesmo tempo, por uma questão de "lealdade aos co-Estudantes da Bíblia", decidiu "correr o risco" e permanecer ao lado da Sociedade, mesmo diante de tal violação clara do princípio da neutralidade!
LIBERTOS!
Participe! Envie seu artigo para indicetj@yahoo.com
O INDICETJ.COM não comercializa publicações, filmes ou qualquer outro tipo de arquivo.

Voltar para o conteúdo