Watchtower comete perjurio - INDICETJ.COM Escandalo sobre Testemunhas de Jeova

Ex-Testemunha de Jeová
publica mais de 1.000 artigos críticos!
Ir para o conteúdo
1
2
3
4
5
6

WATCHTOWER COMETE PERJURIO?
Norman Hovland
Requerimento Falso Preenchido Perante a Comissão Europeia dos Direitos Humanos
Em 1997 a AJWRB (Testemunhas de Jeová Associadas Para a Reforma na Questão do Sangue) tomou conhecimento de que a Sociedade Torre de Vigia tinha cometido perjúrio perante a Comissão Europeia dos Direitos Humanos. Esta Comissão opera sob a autoridade do Tribunal Mundial foi a ela que a Sociedade Torre de Vigia (Testemunhas de Jeová) submeteu um requerimento falso e enganador a respeito das objecções do governo da Bulgária ao reconhecimento legal da Sociedade Torre de Vigia naquele país.

Lendo a decisão do tribunal sobre o requerimento preenchido pela Sociedade Torre de Vigia, torna-se imediatamente óbvio para qualquer pessoa familiarizada com as Testemunhas de Jeová que os representantes oficiais da Torre de Vigia deturparam grosseiramente factos cruciais a respeito das Testemunhas de Jeová e da doutrina do sangue. Aqui está um parágrafo chave sobre as crianças e a questão do sangue:

«A respeito do alegado envolvimento de crianças, a associação requerente [Sociedade Torre de Vigia] declara que crianças não se podem tornar membros da associação, mas apenas podem participar, junto com os pais, nas actividades religiosas da comunidade. A respeito da recusa das transfusões de sangue, a associação requerente declara que não existem sanções religiosas para uma Testemunha de Jeová que escolha aceitar uma transfusão de sangue e que, portanto, o facto de a doutrina religiosa das Testemunhas de Jeová ser contra as transfusões de sangue não representa uma ameaça à "saúde pública".» [Ênfase acrescentada]

Não é incomum crianças serem baptizadas e tornarem-se membros da Associação das Testemunhas de Jeová antes de atingirem a idade de 10 anos, embora as crianças das Testemunhas de Jeová sejam geralmente baptizadas no início da adolescência, tornando-se assim oficialmente membros da congregação, e sujeitos aos seus processos judiciais internos ["comissões judicativas"].

Quanto a uma Testemunha de Jeová que aceite um dos produtos sanguíneos que actualmente estejam banidos, ou uma transfusão de 'sangue total', a posição da Sociedade Torre de Vigia tem sido muito clara desde há mais de 40 anos:

«... aquele que recebe uma transfusão de sangue tem de ser cortado fora do povo de Deus através da excomunhão ou desassociação [...] se no futuro ele persiste em aceitar transfusões de sangue ou em doar sangue para que esta prática médica seja realizada por outros, ele mostra que realmente não se arrependeu, mas está a opor-se deliberadamente aos requisitos de Deus. Como opositor rebelde e exemplo infiel para os seus co-membros da congregação cristã, ele precisa ser cortado dela (da congregação) por ser desassociado.» -- The Watchtower [A Sentinela], 15 de Janeiro de 1961, pp. 63-64. [Ênfase acrescentada. Tradução a partir da edição inglesa. Em português, esta informação aparece na Sentinela de 1 de Dezembro de 1961, p. 736.]

Aqui está um link directo para o site oficial da Comissão Europeia dos Direitos Humanos onde poderá ler a decisão dessa Comissão sobre o requerimento da Torre de Vigia. Leia especialmente a parte final do documento e poderá verificar por si mesmo essa mentira das Testemunhas de Jeová AQUI.

Agora a AJWRB tem nos seus ficheiros uma cópia em papel da decisão sobre o requerimento. Pode ler o texto e os scans desse documento AQUI.

Será possível que a Comissão Europeia dos Direitos Humanos esteja a inventar tudo isto, conforme disseram algumas Testemunhas de Jeová? Essa explicação parece ser muito improvável, pois bastava à Sociedade Torre de Vigia reproduzir o requerimento original para se vindicar. Representantes da Sociedade Torre de Vigia têm tentado explicar a sua fraude argumentando que não existem sanções "automáticas" para uma Testemunha de Jeová que aceite uma transfusão de sangue. Isto é semelhante a dizer que não existem sanções para assassínio visto que as sanções não são "automáticas", e é apenas mais uma tentativa de nos enganar por parte da actual liderança e porta-vozes da Sociedade Torre de Vigia.

A pressão intensa da AJWRB e a exposição pública em muitos países levou a outra manobra táctica da Sociedade Torre de Vigia. Na primavera de 2000, a Sociedade Torre de Vigia aconselhou secretamente os anciãos a parar de desassociar membros das Testemunhas de Jeová que aceitassem transfusões de sangue. Em vez da desassociação, seria simplesmente feito [nas reuniões das Testemunhas de Jeová] um anúncio de que a pessoa se tinha "dissociado" a si mesma. Estas pessoas ainda são evitadas, tal como antes, mas deixam sequer de ter direito a uma audiência na comissão judicativa das Testemunhas de Jeová. Em Maio de 2001 esta política continuava desconhecida por todas as Testemunhas de Jeová com excepção dos anciãos, e é evidência adicional dos esforços sem vergonha dos líderes da Torre de Vigia para enganar tanto o público como as Testemunhas de Jeová.

Como é que Testemunhas de Jeová sinceras podem dizer que essa conduta da parte daqueles que tomam a liderança da Sociedade Torre de Vigia está em harmonia com os princípios cristãos? Será que este tipo de acções demonstra que aqueles que tomam a liderança são tanto "fiéis" como "discretos"? Que importância têm estes versículos bíblicos para o assunto.

  • "Vós sois de vosso pai, o Diabo, e quereis fazer os desejos de vosso pai. Esse foi um homicida quando começou, e não permaneceu firme na verdade, porque não há nele verdade. Quando fala a mentira, fala segundo a sua própria disposição, porque é um mentiroso e o pai da [mentira]." (João 8:44)
  • "não vos jacteis e não mintais contra a verdade." (Tiago 3:14-15)
  • "Não estejais mentindo uns aos outros." (Colossenses 3:9)
  • "nenhuma mentira se origina da verdade." (1 João 2:21)
  • "Mas, tudo o que não for sagrado, e todo aquele que praticar uma coisa repugnante e a mentira, de modo algum entrará nela; somente os escritos no rolo da vida do Cordeiro [entrarão]." (Revelação 21:27)

Os membros da AJWRB estão chocados com o comportamento dos representantes oficiais da Torre de Vigia nesta matéria. Os responsáveis por esta fraude devem ser chamados a prestar contas. Infelizmente, não existem na Sociedade Torre de Vigia mecanismos correctivos para lidar com acções erradas e corrupção quando estas ocorrem nos escalões mais elevados da organização.
LIBERTOS!
Participe! Envie seu artigo para indicetj@yahoo.com
O INDICETJ.COM não comercializa publicações, filmes ou qualquer outro tipo de arquivo.

Voltar para o conteúdo