07 Por quê? Especulações, hipóteses - Ex-Testemunha de Jeová

Antes, pessoa acorrentada; depois da pesquisa, livre!
Ex-Testemunha de Jeová publica mais de 1.000 artigos críticos!
Ex-Testemunha de Jeová
publica mais de 1.000 artigos críticos!
Ex-Testemunha de Jeová publica mais de 1.000 artigos críticos!
Ex-Testemunha de Jeová
publica mais de 1.000 artigos críticos!
Ir para o conteúdo
1
2
3
4
5
6


ESTUDO 07
POR QUÊ? ESPECULAÇÕES, HIPÓTESES...
Se você tem acompanhado os estudos dede o início, então, observou mais de 300 figuras estranhas inseridas em publicações das Testemunhas de Jeová. Certamente percebeu que cada figura tem seu nível de dificuldade. E cada pessoa difere em sua capacidade de percepção. Assim, é compreensível que discorde que determinadas figuras apresentem algo condenável. Mas, por outro lado, é provável que tenha se intrigado ao observar certas ilustrações. Neste caso, como explicar aquelas imagens que você acredita que realmente são propositais?
São propostas várias hipóteses para explicar a presença das imagens denunciadas em publicações das Testemunhas de Jeová. Você escolheria alguma opção abaixo?



Planejadas pelos encarregados dos departamentos;



Parte de uma conspiração arquitetada pela direção;



Frutos de uma organização demonista disfarçada de "anjo de luz" (2 Coríntios 11:14);



Iniciativa particular do ilustrador;



Influência direta do Diabo sobre os inocentes desenhistas;



Outra não mencionada.
Naturalmente, não se pode garantir a intenção do desenhista que insere algo inadequado em meio a ilustração. O artista quis mostrar sua inconformação com certos ensinos da Torre? Não sei. O ilustrador tem simpatia pela maçonaria? Não sei. Era apenas uma brincadeira do pintor? Não sei. Mas, seja a intenção que for, atente que isso não é o mais importante. - Note o ESTUDO 5 A QUESTÃO PRINCIPAL.

O que dizer das letras

E, A e S

embutidas nas ilustrações?

Para melhor melhor qualidade de imagem, observe os desenhos direto das publicações originais.
SÃO SIMPLESMENTE LETRAS DAS INICIAIS DOS DESENHISTAS?

"Vocês opositores criam muita algazarra à toa. As letras são apenas as iniciais dos ilustradores", escreveu-me um leitor. Mas, seria isso permitido pela organização? Por favor, considere:


"... as publicações da Sociedade Torre de Vigia hoje NÃO identificam os que as escrevem, e os escritores EVITAM divulgar a outros a contribuição que deram. Deste modo, a atenção se focaliza na informação, destinada a honrar a Jeová, não em algum humano."
Fonte: A Sentinela de 1º de fevereiro de 1991, página 13, parágrafo 14.

"A Sentinela tem desempenhado uma parte proeminente no programa de estudo das Testemunhas de Jeová por mais de um século. Contudo, seus escritores são anônimos. Pense, também, nos muitos milhares que servem em lares de Betel ou como pioneiros e missionários. DIFICILMENTE estão 'em evidência'."
Fonte: A Sentinela de 1º de setembro de 1986, página 29.


Assim, se qualquer um dos "que servem em lares de Betel" tentasse "divulgar a outros a contribuição que deram" a fim de se por "em evidência" (por meio alguma "introdução secreta" de letras, sinais, ou outra forma) estaria se revelando contrário à declaração do Corpo Governante.

Leitor, repare que adotar esta justificativa requer:

  • Acreditar que as letras, de fato, estão nas ilustrações.
  • Acreditar que os desenhistas realmente são rebeldes já que propositadamente esconderam suas iniciais nas ilustrações.
  • Acreditar que não é inteiramente crível o testemunho do Corpo Governante ao referir-se aos ilustradores como "zelosos cristãos que trabalham longas horas na produção das ilustrações". — Despertai! de 8 de fevereiro de 1989, páginas 15-18.

Ao aceitar esta explicação como verídica, surgem as indagações:


Por que estes desenhistas continuam impunemente se pondo "em evidência"? Se foram punidos, não surtiu efeito duradouro posto que as letras continuam aparecendo. Se os ilustradores foram substituídos, foram substituídos por outros que possuem as mesmas iniciais. E estes perpetuam a mesma prática dos seus antecessores... Notou acima o no bloco deslizante com algumas das diversas ilustrações com letras "introduzidas secretamente"?

Ora, sendo tais desenhistas capazes de ir contra a orientação direta do Corpo Governante, o que os impede de irem mais além do que esconder letras nas figuras? Nada. Ao consultar a coleção das figuras do acervo, você, leitor, pode constatar que tais desenhistas não se limitam a esconder letras. Vão muito, muito mais além!

O fato é que as letras estão lá. Mas, não se engane! Não é simplesmente o aparecimento de uma inocente letra  S ou de uma mera letra  E que é significativo. Embora, por si só, isso já é estranho, o que não se deve desconsiderar é que tais letras são usadas como simbolismos em rituais de magia! — Veja figura nº 099.

Levando em conta os diversos tipos de imagens estranhas espalhadas pelas publicações, especulo que não são simplesmente meras iniciais dos ilustradores. Há imagens com letras no decorrer das décadas de 80, 90, 00 e 10 – um período de 40 anos!
O que ganharia o Corpo Governante autorizando gravuras secretas em suas publicações? Se algumas das imagens geram temor e afugentam, não seria isso desvantagem?

A explicação cabe a liderança. Cobre dela. Entretanto, é óbvio que desconhecer esta razão não significa que ela não exista. É muito mais simples encarar a organização das TJs como ela é: uma empresa mundial que visa difundir doutrinas e publicações.

Sobre isso, eis um comentário sugerido por um leitor:

'Neste caso, do ponto de vista empresarial, seria desvantagem para o Corpo Governante esconder desenhos misteriosos? Não necessariamente. Dito de modo simples, estas figuras podem incitar inconscientemente parte dos leitores mais sensíveis a unirem-se à esta organização. Como assim? Imagens cujo sentido é evidente à primeira vista são interpretadas facilmente como imagens diretas, simples. Mas quando se trata de imagens apresentadas de forma sutil, indireta, dificultando a percepção, a coisa foge ao controle. Quando o objeto do temor é identificado, pode-se simplesmente tentar fugir dele. Por outro lado, se não for percebido, não se sabe do que fugir.'

'E como essa sensação afeta a pessoa? Geralmente provoca um vago e difuso sentimento de insegurança. Como este sentimento é desagradável, a pessoa tende a procurar ajuda. Bingo! Ora, isso é justamente o propósito "das publicações providas por Jeová"! (Mensário Nosso Ministério do Reino, agosto de 1980, página 4, parágrafo 1.) Assim, quanto mais consultá-las, mais inculcará que depende da "proteção", "benefício", "bênção" e "consolo e esperança" obtidos por meio delas.'

Confira as declarações do Corpo Governante:

▪ "Saliente a necessidade dos jovens serem estudantes assíduos da Bíblia e das publicações, bem como a PROTEÇÃO e os BENEFÍCIOS resultantes disso." — Mensário Nosso Ministério do Reino de janeiro de 1993, página 2.

▪ "É uma BÊNÇÃO ter a maioria das revistas e das publicações das Testemunhas de Jeová... Essas publicações ajudam muitas pessoas a encontrar CONSOLO e ESPERANÇA." — Revista A Sentinela de 15 de outubro de 2002, página 20.

▪ "As revistas A Sentinela e Despertai!, bem como os livros, as brochuras e os tratados que a Sociedade Torre de Vigia publica, têm dado CONSOLO a incontáveis leitores." — Revista A Sentinela de 15 de janeiro de 1996, página 23.

O interesse de inserir tais imagens é, por conseguinte, permitir que o Corpo Governante exerça uma influência psicológica sobre seus leitores e adeptos pelo sentimento que geram.

Intercalando imagens mórbidas imperceptíveis nas suas publicações, renova-se o sentimento de temor, de instabilidade, de medo — algo que o leitor automaticamente tentará eliminar, afastar. Como? Juntando-se à organização que supostamente é a única a servir Deus, a única que detém a verdade, a única que é um refúgio refrescante neste mundo corrompido.

Enfim, de alguma forma, estas imagens reforçam a ideia de que "as testemunhas de Jeová têm de ter a única religião verdadeira." — Despertai! de 8 de abril de 1976, página 19.

Escreveu uma das leitoras, Mayha:

"Também me impressiona o fato dos ilustradores da Torre fazerem o desenho todo perfeito nos detalhes, demonstrando grande maestria nos traços e, então, incluem essas figuras medonhas no meio da ilustração. Evidentemente, tais figuras não são acidentais, foram desenhadas de propósito, pois não fizeram um desenho grotesco por falta de habilidade no desenhar.

Um detalhe importante é que A GRANDE MAIORIA DAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ não estuda as ilustrações como nós fazemos. Eles estão estudando a matéria escrita das revistas (supondo que obedeçam à ordem de estudar) e não tem tempo e interesse em analisar as ilustrações com o cuidado que nós fazemos. O que acontece então? Eles apenas percebem de forma subliminar esses aspectos das ilustrações, não chegam a se dar conta conscientemente de tais elementos bizarros e das mensagens que tais ilustrações estão transmitindo. É aí que mora o perigo, pois podem sentir MEDO, por exemplo, sem nem se darem conta de que o medo vem do terror que a ilustração está comunicando. Tais ilustrações empregam uma técnica subliminar de ensino.

Talvez essa seja a principal razão para a Torre continuar publicando ilustrações com elementos bizarros: é uma técnica de poderosa influência emocional sobre o "povo de Jeová" enquanto eles estudam a matéria escrita nas publicações!"



Observação: Leitor, se desejar, envie também sua "especulação, hipótese" para entender o motivo de a Torre incluir aquelas gravuras que você considera suspeitas, ok?


Raciocinando...
Ora, se realmente o Corpo Governante não quisesse estas figuras em suas publicações, seria fácil criar uma espécie de comitê ou grupo encarregado de barrar formas que poderiam ser interpretadas como escondidas, ou misturadas às ilustrações...

Esse grupo já existe! Nunca esqueça do que diz A Sentinela de 1º de março de 1987, página 15:

"Cada artigo, tanto da Sentinela como de Despertai!, e cada página inclusive as gravuras, são esquadrinhados por membros escolhidos do Corpo Governante antes de irem para a impressão."

Porém, as insistentes repetições das figuras globalmente denunciadas SINALIZA que todos os detalhes contidos nestas ilustrações estão lá para transmitirem a mensagem proposta.

De certo, mesmo podendo prejudicar a outros, o Corpo Governante acredita ser mais vantajoso republicá-las, ano após ano, em vez de substituí-las. Por quê? Pense nisso.

Continue pesquisando.



Divulgue seu artigo crítico gratuitamente!
Envie-o para avaliação: indicetj@yahoo.com.br
Voltar para o conteúdo