08 E-mails dos leitores - Ex-Testemunha de Jeová

Antes, pessoa acorrentada; depois da pesquisa, livre!
Ex-Testemunha de Jeová publica mais de 1.000 artigos críticos!
Ex-Testemunha de Jeová
publica mais de 1.000 artigos críticos!
Ex-Testemunha de Jeová publica mais de 1.000 artigos críticos!
Ex-Testemunha de Jeová
publica mais de 1.000 artigos críticos!
Ir para o conteúdo
1
2
3
4
5
6


ESTUDO 08
E-MAILS DOS LEITORES
Respondendo correspondencias dos leitores de Jeova



De: Indicetj
Para: Felixandre


01
Indicetj
Olá camarada Felixandre!

Li sua mensagem onde considera as figuras estranhas em publicações das Testemunhas de Jeová. Respeito seu modo de pensar. Sempre haverá defensores e denunciantes. Não pretendo polemizar o assunto. Contudo, sua “opinião” poderia ter mais peso se não ignorasse os argumentos usados pelos que encontraram algo desagradável pelo menos em algumas figuras – o que já é suficiente. Reforço meu convite para que analise a argumentação disponível no http://indicetj.com.

O colega postou:


02
Felixandre
Em minha opinião, o grande problema das acusações de que a Torre de Vigia poderia estar mantendo imagens subliminares em suas publicações, pior, com conotações demoníacas, é o de estar partindo para o exagero de colocá-la na categoria de uma organização voltada totalmente para o mau. Isso não existe.


03
Indicetj
Decisivamente seria grande equívoco concluir, à base dessa polêmica questão, que a Torre é “uma organização voltada totalmente para o mau”. A abordagem objetiva e extensiva no site, concordemente, não é extremista e não a denegrece a esse “status”. Creio haver coisas bem proveitosas entre as TJs – assim como há nas demais denominações.

Acredito serem adequadas as conotações dadas às imagens. Porém, o colega talvez possa auxiliar-me com melhor descrição. Observe, por exemplo, as figuras nº 09 e nº 28:

Acaso o texto empregado ali não transmite a ideia aparente daquelas imagens? Poderá discordar, mas desagrego o termo “angelical” a estas figuras.


04
Felixandre
É razoável discordar de suas doutrinas. É igualmente aceitável expor suas desonestidades intelectuais nos casos em que ela tenta abrandar ou mesmo ocultar os seus erros proféticos e muito mais.


05
Indicetj
Isto é ponto pacífico. Todos nós concordamos. Embora haja temas mais importantes, a questão das ilustrações problemáticas tem o seu devido lugar.


06
Felixandre
Mas, daí, passar para as alegações de imagens escondidas, no meu ponto de vista, já significa adentrar no perigoso caminho do preconceito.


07
Indicetj
“Preconceito”? Se com isso diz que, de uma forma ou de outra, haveria insatisfação por parte dos que denunciam as figuras, independente das alternativas que coloca a seguir, talvez possa repensar seu ponto de vista – pelo menos neste pormenor... O colega apresenta duas, digamos, “evidências”, para o que batiza de “preconceito”.


08
Felixandre
Se não, vejamos: uma imagem qualquer é apontada pelos adeptos da teoria das imagens secretas como sendo demoníaca. Se a Torre de Vigia altera a tal imagem em publicações posteriores os acusadores dizem: "Tá vendo! Tinha culpa no cartório, nós tínhamos razão, tanto que eles até mudaram."


09
Indicetj
Aqui o colega constrói sobre uma situação irreal. Uma pesquisa cabal revela: de modo geral, a Associação não altera as figuras denunciadas em publicações posteriores. Pelo visto, o colega desconhece a lista disponibilizada no site onde indico em quais publicações várias figuras são reapresentadas.

Caso algum dia – tendo em vista os mais fracos (ou seja lá qual for o motivo) - a Torre viesse a retirar a maioria das imagens suspeitas (não apenas uma aqui e outra acolá, por exemplo, como fez parcialmente no caso da Figura nº 72 e Figura 80.) isso, por fim, mostraria ser algo positivo para ela. E, com um ar de santidade e voz de arcanjo, poderia dizer algo como faz quando explica por que razão tem havido mudanças, através dos anos, em seus ensinos: “seus servos têm estado dispostos humildemente a fazer os necessários ajustes.” (Livro Testemunhas de Jeová — Proclamadores do Reino de Deus, capítulo 10, página 147, publicado em 1993.) Não acredito que sua suposição venha a tornar-se realidade.


10
Felixandre
Agora, se acontecer o contrário, ela não muda nada, eles falarão (e eu já li na internet umas alegações assim): "O Corpo Governante não se importa nem um pouco em estar sendo 'pedra de tropeço' para os mais fracos. Prefere manter a imagem muito embora tenha sido exposta como demoníaca e alguns tenham lhe comunicado o que estavam 'vendo' e como estavam sendo prejudicados com o fato."


11
Indicetj
“Leu na Internet”? Você despertou minha curiosidade. Até agora pensava ser o responsável por este pensamento. Agradeceria bastante se citasse o(s) link(s) das “alegações assim”.

Agora o colega menciona fatos:

1º) as imagens estão lá (não interessa se são ou não subentendidas ou se estão ali por acaso);
2º) as imagens afetam outros;
3º) a Associação sabe do dano;
4º) a Associação repete tais figuras.

O colega cita o raciocínio alheio sem avaliar o dano ou prejuízo que ele implica para a Torre. Anseio que o faça em futura mensagem. Ao responder, sugiro ler o que coloco no http://indicetj.com para não recorrer à argumentos já derrubados – exceto se for para apresentar devida refutação.


12
Felixandre
Também acho que se ela se defendesse usando muito espaço para o assunto em suas publicações isso seria um sinal para não poucas pessoas de que ela estaria tentando ocultar o fato. Usando um português claro – que ela estaria tentando "enrolar".


13
Indicetj
Aqui o colega se supera: lança uma conjectura e uma reação a ela. Se sua hipótese fosse verdadeira, concordo que alguns pensariam como diz. Porém, o que não é nenhuma conjectura é: a Associação não se defende com muito espaço. É justamente a ausência de publicidade que torna o tema desconhecido entre as TJs. A tática do silêncio atende aos interesses dela – ou não? Todos sabemos que isto igualmente se aplica às demais denúncias apresentadas pelos ditos apóstatas: o caso México X Malauí, a filiação à ONU, a predição de profecias fracassadas...


14
Felixandre
Outro fato que eu considero digno de nota é o seguinte: Muitos outros sites na internet, alguns com comunidades numerosas de adeptos, conseguem ver imagens ocultas em quase tudo, de capas de revistas à desenhos animados.


15
Indicetj
De certo, tais coisas acontecem. Conforme já expressei em mensagem anterior, no site poderá ler um arrazoado sobre quão válidos são usar tais exemplos em relação às figuras da Torre.


16
Felixandre
Tudo bem, então vivemos num mundo de adoradores de "Satan" espalhados por todas as partes, tentando nos influenciar para o mau.


17
Indicetj
•1 João 5:19: "mas o mundo inteiro jaz no [poder do] iníquo..."
• Revelação 12:9: "... o chamado Diabo e Satanás, que está desencaminhando toda a terra habitada”.


18
Felixandre
Só que receio que eles estejam perdendo o tempo.


19
Indicetj
É sua opinião...


20
Felixandre
Não existe nenhum estudo científico sério que comprove que essas imagens possam ter qualquer efeito sobre as mentes das pessoas.


21
Indicetj
Será que não mesmo? Quem garante que a Associação não fez um estudo particular? Fato é: não precisei conhecer algum estudo científico sobre o assunto para só então indignar-me com as imagens.

Na verdade, o que o mundo pensa pouco importa. O que deve ser considerado é o que a Associação pensa sobre o efeito subliminar. Interessante é o que se revela na Despertai! de 22 de abril de 2004, páginas 5 e 6:

"Certo estudo examinou como os idosos são influenciados por pontos de vista positivos e negativos a respeito do envelhecimento. Depois de serem expostos a mensagens instantâneas, subliminares, que associavam o processo de envelhecimento a mais sabedoria e experiência, eles começaram a andar com mais força e disposição. De fato, a melhora na postura deles foi tão grande que podemos compará-la à que obteriam com um programa de 12 semanas de exercícios físicos!"


22
Felixandre
É como acreditar em ET's, em discos voadores. Meras conjecturas. Aliás, uma amiga minha jura que se rodar um disco de vinil com uma certa música da Xuxa escuta-se claramente: "Hei, Satan! Vamos tomar um chazinho?" Explicação: Ela é quem toma uns chás... de cogumelo!


23
Indicetj
O colega finaliza retornando aos desgastados - e já refutados - exemplos além Torre considerados no site.


24
Felixandre
Andre Felix


25
Indicetj
Aproveito para congratulá-lo pela assiduidade no estimado fórum Testemunhas.






2
De: Indicetj
Para: Sandro


26
Indicetj
Olá camarada! A seguir passo a comentar sua mensagem:


27
Sandro
Por não ter prestado suficiente atenção (como fazem as TJs) ao trecho que afirma que os 3 homens foram desassociados DA GRAVURA, reconheço que acabei falando uma grande bobagem.


28
Indicetj
Engano – quem não os comete? Perdoe meus “pecados” que perdôo os seus.


29
Sandro
No entanto, reexaminei a gravura dos 3 homens e novamente não consegui encontrar nenhuma imagem subliminar nela.


30
Indicetj
Talvez não encontre alguma figura oculta mesmo. O problema aqui é de outra espécie...


31
Sandro
No entanto acho sim que a STV foi negligente ao editar a gravura que não tinha nenhuma imagem questionável (dos 3 desassociados),


32
Indicetj
Não há problema com a segunda ilustração*. Negligência houve em publicar a gravura que tinha algo questionável. É nela que encontramos algo bizarro: um dos indivíduos assemelha-se em muito ao busto de Antístenes, filósofo de Atenas! Já conferiu? Veja a figura nº 18.


33
Sandro
e se recusar a modificar outras gravuras que têm sido causa de tropeço para alguns,


34
Indicetj
Este ponto considero fundamental. A Associação prega que “cada cristão precisa respeitar a consciência dos outros.” (A Sentinela de 15 de maio de 1977, página 318.) A pergunta que não quer calar é: diante das constantes reimpressões, quão “respeitosa” tem sido a Associação para com “a consciência dos outros”?

Orientação similar encontramos na edição de 1º de setembro de 1977, página 534:

“Se aquilo que se usa cria questões ou lança reflexos desfavoráveis sobre a congregação, que proceder se recomenda na Bíblia? (1 Cor. 10:31-33) É a pessoa bastante humilde para reprimir suas próprias preferências, a fim de evitar ofender a consciência sensível de outros? (Rom. 14:21)”

Fato é: O uso repetitivo de certas imagens “criam questões ou lança reflexos desfavoráveis sobre a congregação”. Tem o Corpo Governante aplicado o proceder bíblico que enfaticamente recomenda aos outros? Tem sido o Corpo Governante “bastante humilde para reprimir suas próprias preferências” em termos de figuras e ilustrações “afim de evitar ofender a consciência sensível de outros”? Quando se discerne estas coisas, o resultado não poderia ser diferente: indignação!


35
Sandro
como por exemplo a gravura que contém a imagem da cavera na parte dianteira da roupa do homem idoso (se não me engano, acho que o homem era Abraão) independentemente de ter aparecido por acaso na roupa, ou não.


36
Indicetj
É isso aí, Sandro: “independentemente de ter aparecido por acaso”. Nunca desperceba que mediante o extremo cuidado da Associação na confecção de suas gravuras, o fator “acaso” exerce papel de figurante.


37
Sandro
Agora que estou reexaminando todas as gravuras (inclusive, algumas eu nunca tinha visto, acho que foram introduzidas recentemente) e acessando os links do site, sou forçado a fazer alguns ajustes no meu modo de encarar as figuras que aparecem camufladas nas gravuras.


38
Indicetj
Ao verificar tais figuras, certamente algumas chamarão mais atenção que outras e, admitidamente, algumas delas podem ter surgido por mero acidente – eu disse “algumas”. Outras não!


39
Sandro
No caso específico da caveira na roupa, me parece que é muito provável que ela tenha sido introduzida de propósito na gravura. Um colega da faculdade viu a gravura, agora à tarde, e fez um comentário interessante.  Ele disse: "Acredito que a figura da caveira foi adicionada de propósito, pois os dentes dela estão alinhados perfeitamente e aparecem com muita nitidez." Eu ainda faria um acréscimo ao seu comentário: Além de vermos os dentes de forma muito nítida, eles aparecem numa roupa que não apresenta dobras, rugas, manchas ou sombras. Então, fica muito difícil sustentar o argumento de que os dentes são na verdade uma dobra da roupa, ou coisa parecida.


40
Indicetj
Se precisasse esconder algo seria conveniente inseri-lo na vestimenta de algum personagem. Se alguém desconfiasse, bastaria dizer com lágrimas nos olhos: “... mas são apenas dobras na roupa...” e, num passe de mágica, tudo voltaria a ser um mar de rosas. Daí, veria minha obra ser autorizada para reimpressões e mais reimpressões.


41
Sandro
Mostrei a gravura para 5 pessoas e fiz uma enquete, perguntando se eles achavam que a cavera havia sido introduzida de propósito ou não. 3 pessoas disseram não, (A opinião de uma delas é suspeita, pois ela "estuda" a bíblia com as TJs, vai se batizar, e a família toda é TJ.) e 2 acharam muito provável que a figura tenha sido introduzida intencionalmente.


42
Indicetj
Neste momento estou sentado digitando. Se eu olhar para minha roupa noto que traz algumas dobraduras. Se estas formassem alguma figura - neste caso - realmente aconteceria acidentalmente. No caso das ilustrações da Associação, as dobraduras necessariamente resultaram das pinceladas do(s) ilustrador(es). E mesmo que se prove por a + b que a aparição do crânio foi por acaso – fator que não é fundamental – a reapresentação dela nas demais publicações certamente não foi!
Rapaz! Perguntando coisas assim para estudantes não lhe poderia trazer problemas?


43
Sandro
Um deles, inclusive, me garantiu que viu imagens subliminares no desenho "Rei Leão".


44
Indicetj
Acredito. Figuras estranhas são vistas em tudo que é canto. Isto inclui as figuras de Walt Disney. Porém, não se deixe enganar com exemplos alheios. A situação não é a mesma. A Sentinela de 1º de setembro de 1983, página 19, ensina sobre a necessidade de “termos uma visão clara do abismo que separa a organização pura de Deus das organizações permissivas e imorais deste mundo”.  

A Disney não prega ser uma organização “orientada e guiada pelo espírito santo”, prega? Mesmo assim, veja o que foi publicado na Folha de São Paulo de 15/01/1999:

• “Disney admite ter encontrado mensagem subliminar e recolhe 3,4 milhões de fitas de vídeos nos Estados Unidos".  

A Revista Veja de 20/01/99 complementa:

• "Conforme um comunicado oficial emitido pela própria Disney em 08.01.99. O prejuízo da Disney com o recolhimento de quase 4 milhões de fitas nos Estados Unidos, chegou a 78 milhões de dólares."

Ora, se uma entidade “mundana” age em respeito a seu público, como poderia esperar menos “da organização de Deus aqui na terra”? (A Sentinela de 1º de outubro de 1990, página 30.) Que me perdoem os protetores da Associação Torre de Vigia, mas, de forma alguma posso fazer vista grossa a isto!


45
Sandro
Prezado colega, vou continuar investigando as gravuras (meu interesse sobre este e outros assuntos ligados à Torre é grande, mas o tempo disponível é muito limitado) e continuar te fazendo perguntas pertinentes, se você não se incomodar.


46
Indicetj
Sim, prossiga em sua investigação. Será um prazer considerar suas perguntas. A limitação do tempo é algo bem compreensível. Quando puder, estarei retornando.


47
Sandro
Abraços.


48
Indicetj
Para você também.
INDICETJ






3
De: Andrea Lorandi
Para: Indicetj


49
Andrea
Olá listers! Desde que comecei a estudar com as TJs aos 11 anos de idade, eu já percebia algumas figuras. Achava estranho. Mostrava a minha irmã. Ela confirmava que via também mas, nada dizia além. Nem eu, nunca tinha ouvido falar em subliminares.

E sempre que eu abria o livro "Poderá Viver" eu virava ele meio que automaticamente e ficava olhando aquele rosto desenhado no cabelo da figura que representa Cristo! Na minha cabeça, aquilo era uma coincidência, mas ficava tão intrigada, e olhava, olhava... Depois que entrei no Indicetj foi que percebi que tinha um fundamento, um propósito sim! Ainda possuo estes livros, mas tenho vontade de me desfazer. O único livro que é interessante pra mim é a Bíblia. O resto é acréscimo!



4
De: Indicetj
Para: Andrea Lorandi


50
Indicetj
Bem peculiar seu relato, Andrea.

Descrevo as figuras segundo o que aparenta – embora haja os que desgostem. A gravura a que se refere foi publicada inicialmente em 1982, página 17, em inglês, e, desde então, percorre os quatro cantos da Terra. Milhões de pessoas tem o livro em suas casas. Esta figura é uma das primeiras a serem expostas.

A Bíblia diz em 1 Tessalonicenses 5:22: “abstendo-se de toda aparência do mal” - Na tradução de João Ferreira de Almeida, edição corrigida.

Enganou-se quem acreditou que a Associação Torre de Vigia retirou de circulação a “aparência do mal”. Em 2011, ela reapareceu na Sentinela de 15 de maio, página 18!

O Nosso Ministério do Reino de dezembro de 2002, página 7, anuncia que o livro estará sendo distribuído ao público em dezembro. É boa oportunidade para quem quiser adquirir um exemplar e/ou mostrar a figura a TJ que oferecer o livro.

Cordialmente,

INDICETJ






5
De: Indicetj
Para: Felixandre


51
Indicetj
Olá camarada!

Como alguém que recebe um presente aguardado, contente fiquei ao atualizar minha caixa de correio e encontrar sua escrita. Esperava que satisfizesse as questões já encaminhadas. No entanto, durante a leitura, minha alegria foi desvanecendo-se com a impressão de que não haveria referência à minha mensagem. E, na conclusão, veio a certeza. Assim, as interrogações/colocações apresentadas anteriormente permanecem de pé.

Pela terceira vez encaminho-o aos artigos do site. Caso não vá e não retorne com a devida avaliação, não haverá condição para progredirmos. A falta de réplica fará pensar que não dispõe de contra argumentação. Por enquanto, sua atitude lembra àquelas TJs que escrevem expressando repulsa às denúncias “apóstatas”: quando se revela onde o “escravo” publicou esta e aquela falsa predição, elas retornam com nova mensagem, porém, sem sequer mencionar a anterior!

Embora sem sua resposta, passo a considerar o que diz. Aliás, dito de modo simples, ali o colega para no tempo e volta a louvar a “coincidência” e os exemplos “mundanos”. Estes são argumentos simplistas e criam intrigantes perguntas a quem os adota – perguntas estas que ainda não se dignou a responder.


52
Felixandre
Caro amigo,

Eu já olhei diversas vezes todos os exemplos de figuras estranhas supostamente embutidas em ilustrações da Torre de Vigia apresentadas no site “indicetj.com”.


53
Indicetj
Então falta colocar seu modo de ver à prova mediante o prisma trazido no site e indicar de forma completa, passo a passo, onde o raciocínio apresentado é falho ou incompleto – sem necessidade de posterior comunicado de que “esqueceu” a réplica para tal e tal argumento.


54
Felixandre
Infelizmente, não consigo ver nada além de coincidências. A meu ver não existe nada, absolutamente nada nessas ilustrações, que não seja apenas o produto da imaginação das pessoas que procuram ver alguma coisa.


55
Indicetj
Aqui faz uma colocação curiosa. Considere a figura trazida na página 159 do livro Clímax de Revelação. Se o colega não é capaz de visualizar na palma da mão do gigante algo semelhante a um rosto ou feto, sua percepção, realmente, é bem reduzida. Não é de admirar que nada visse nas demais estampas! Porém, se perceber, será apenas mais um no que denomina grupo-de-pessoas-que-procuram-ver-alguma-coisa-com-auxílio-da-imaginação...


56
Felixandre
Também acho que se uma quantidade grande de pessoas notassem tais figuras e se manifestassem, aí sim a Torre de Vigia teria motivos para se defender com mais veemência. No entanto, não é isso que acontece.


57
Indicetj
Aqui o colega recorre à tese da “quantidade grande de pessoas”.

De jeito algum posso concordar que a ausência de defesa por parte da Torre seja abonada tão somente pela quantidade reduzida de reclamantes. Não! Olhe por este lado: tendo em vista a quantidade de TJs fiéis, os chamados "apóstatas" são poucos, não são? Eles denunciam os podres da Torre. Poderia indicar-me em que edição de A Sentinela ela se defende quanto a filiação secreta com a ONU? Em qual revista encontramos explicação quanto ao chocante caso do serviço militar México X Malauí? Nenhuma literatura tenta isso.

Se o colega mantiver sua tese aqui (e não aplicá-la apenas quando for conveniente), estará solidário ao silêncio da Torre.

Ainda que não haja “grande quantidade de pessoas” protestando, uno minha voz à delas ao cobrar uma resposta cabal para estes e demais casos. Ora, haveria melhor “motivo para se defender” que o compromisso sincero com a verdade que a Torre apregoa ter?


58
Felixandre
Eu e todas as pessoas com quem eu falei sobre o assunto, TJs e ex-Tjs, nunca havíamos notado nada; e eu tenho certeza que, ao menos que alguém tivesse mencionado o assunto, eu pelo menos, jamais teria sequer pensado nele.


59
Indicetj
Não percebo como seu desconhecimento do assunto poderia prejudicar ou mesmo minimizar a problemática das figuras subentendidas. Afinal, quem aqui soube antecipadamente – “ao menos que alguém tivesse mencionado o assunto” – a respeito do charlatanismo em assuntos médicos, a falsa profecia sobre Bete-Sarim, o vai-e-vem quanto a ressurreição dos Sodomitas e muitos outros temas que podem ser vistos, de A a Z, pelos links do http://indicetj.com? Ora, sem ajuda, teria você pensado neles?


60
Felixandre
A revista Despertai!, 8 de fevereiro de 1989, página 15, coloca muito o bem o caso, exatamente no lugar onde ele merece, creio eu, como fruto de boatos. O artigo está certo ao afirmar que essas alegações são tão ridículas “como seria dizer que Deus, ao criar os corpos celestes, fez deliberadamente aparecer o aspecto de um ‘homem na lua’”. Eu conheço pessoas que olham para a lua e dizem ver as figuras de São Jorge, montado num cavalo, lutando com um dragão que cospe fogo! Que imaginação! Na verdade são percepções muito subjetivas. Eu posso olhar para uma nuvem e ver um dragão, outra pessoa olhando para a mesma nuvem pode ver outra coisa, sei lá, um sorvete ou mesmo nada.


61
Indicetj
Estes pontos são ponderados nos Estudos do indicetj. E há muito aguardam sua contestação.


62
Felixandre
Veja bem, eu discordo da maioria das doutrinas da Torre de Vigia, acho lamentável que ela tenha criado expectativas proféticas que se revelaram falsas, que ela coloque em risco até a vida das pessoas e assim por diante.


63
Indicetj
Idem.  


64
Felixandre
Porém, francamente, se dependesse dessas “figuras estranhas” eu estaria lá na Torre até hoje! Eu posso estar enganado? Eu acho difícil mas, como escreveu Machado de Assis, “tudo é possível”. Eu não tenho a pretensão de decretar o meu julgamento como infalível.


65
Indicetj
Entendo. Também penso que as ilustrações isoladamente não teriam força para isso. Na realidade, dificilmente um único tema arrancaria alguém das garras da Torre. Olhe para si mesmo: saiu você da Torre devido a um só tema? Porventura não é o conjunto da obra (arhg!) que conscientiza as pessoas?


66
Felixandre
Se surgirem outros elementos que comprovem a veracidade da existência dessas figuras eu posso até mudar de ideia. No momento, eu digo que não acredito.


67
Indicetj
A raiz da questão não seria “comprovar” a existência delas. O indicetj.com apresenta o ponto. Consulte-o. Refute-o.


68
Felixandre
Agora, na minha opinião, na minha falível opinião, a sua abordagem sobre o assunto é um pouco exagerada. Vai ver eu penso assim por ser um incrédulo nessa questão, mas eu acho que você chega a ser desnecessariamente arrogante. Eu acho que você poderia até apresentar para o público brasileiro a existência dessas acusações, mas eu acho que você deveria assumir uma postura mais neutra. Não sei se “neutra” seria a palavra correta, nem sei também se “arrogante” ou “ agressivo” cabem aqui. Talvez um pouco mais de cautela, tato. Bem, eu espero que você me perdoe mas eu me sinto “pisando em ovos” ao opinar sobre algo assim.


69
Indicetj
Dou-lhe crédito. Com o tempo, estarei amenizando algumas palavras/frases. Quanto a neutralidade, o discernimento das implicações resultantes do tema, não me permitem sê-lo.


70
Felixandre
Mas... francamente, eu acho que o seu site ao apresentar o assunto do jeito que está apresentando, com o destaque e os comentários que apresenta, acaba atrapalhando mais do que ajudando as pessoas que buscam informações críticas sobre as testemunhas de Jeová. É igual um site que logo de cara apresenta o Russel e Rutherford sentados com uma garrafa de bebida do lado. Eu acho isso desagradável. Desnecessariamente agressivo.


71
Indicetj
Novamente, seu comentário tem sentido. Localizarei o estudo um pouco mais abaixo na página.


72
Felixandre
Um Abraço.


73
Indicetj
Outro. Boa pesquisa!






6
De: Felixandre
Para: Indicetj


74
Felixandre
Tudo o que você escreve sobre "figuras estranhas" em publicações da Torre de Vigia não fazem o menor sentido. Você tenta substituir suas frustrações de "pioneiro especial" de uma "obra" destituída de sentido por outro tipo de fanatismo do tipo "só eu enxergo a verdade, a humanidade que discorda de mim é louca".  Você é o fanático em busca de algo para se agarrar. Eu não posso compactuar com isso. Não leio suas mensagens, me recuso a dar cordas para os seus devaneios. O que você escreveu no site já é o suficiente para o meu julgamento. Não adianta tentar copiar o "Corpo Governante" com o seu amontoado de sofismas. Se você quer convencer pessoas inteligentes melhore suas argumentações no seu site.
André Felix


75
Indicetj
Caro leitores, diante disso, seria perda de tempo responder ao leitor acima. Ele declara abertamente: "não leio suas mensagens". Como vê, na falta de argumentação específica ao tema em questão, o sujeito "inteligente" apela para a agressão pessoal aplicando-me o termo "fanático", entre outros ― tipo de estratégia bem comum às Testemunhas de Jeová. De certa forma, aconteceu o que escrevi na mensagem anterior:

"Caso não vá e não retorne com a devida avaliação, não haverá condição para progredirmos. A falta de réplica fará pensar que não dispõe de contra argumentação. Por enquanto, sua atitude lembra àquelas TJs que escrevem expressando repulsa às denúncias “apóstatas”: quando se revela onde o “escravo” publicou esta e aquela falsa predição, elas retornam com nova mensagem, porém, sem sequer mencionar a anterior!"

INDICETJ





Divulgue seu artigo crítico gratuitamente!
Envie-o para avaliação: indicetj@yahoo.com.br
Voltar para o conteúdo